sábado, 22 de junho de 2024
Euro 5.8473 Dólar 5.4623

CONCURSOS 2024: PROFISSIONAIS DÃO DICAS DE COMO ESTUDAR E SE DEDICAR

João Paulo - 04/01/2024 06:59

Para quem quer se jogar de cabeça nos concursos públicos, a hora é agora. O ano de 2024 está preparando grandes oportunidades em todos os estados do Brasil, com vagas de nível médio, técnico e superior, em diversas instituições públicas. Neste ano, o certame mais aguardado é o Concurso Público Nacional Unificado, que ofertará 6.440 vagas, em 21 órgãos e entidades. Além disso, são aguardados diversos concursos policiais, fiscais, tribunais, bancários e entre outros. Na Bahia já estão abertos os certames da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), IFBaiano, e outros que ainda estão com abertura prevista ao longo do ano.

Além de foco, tranquilidade e estudos em dia, há outras dicas que podem dar um empurrãozinho a quem está há um tempo nessa vida de concurseiro. Rodrigo Santos, 24 anos, é natural de Feira de Santana, e há cerca de um ano se prepara para conseguir um cargo na Defensoria Pública do Estado da Bahia ou na Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) devido a estabilidade financeira.

“Eu estudo por concursos anteriores, geralmente, com resolução em questão e em videoaula. Os planos de estudo que eu uso são disponibilizados no site do cursinho”, diz ele. A preparação teórica é fundamental, mas também tem um outro lado para quem está pensando em outra carreira profissional. Vitória Trindade, 25, é estudante de direito e há dois anos busca por um cargo de nível médio em um concurso policial. A rotina dela, portanto, é um pouco diferente da de Rodrigo.

“Acordo bem cedo para me preparar fisicamente, vou para academia realizar alguns exercícios, treino full body depois, pois o concurso da PM-BA, além da etapa da prova de conhecimentos gerais e específicos e da questão discursiva, tem a etapa do TAF (Teste de aptidão física). Assim que chego em casa me alimento e começo a estudar, geralmente duas disciplinas por dia, dedico 1h30 para cada uma delas”, aponta a estudante.

Como se preparar

Para quem trabalha com a preparação para concursos, uma dica valiosa é se organizar bem antes da publicação de um edital. William Dornela, 32 anos, é servidor público e uma das 25 mentes pensantes que estão por trás do Os Pedagógicos (@OsPedagogicos), curso voltado ao treinamento de concurseiros. O espaço, que nasceu em 2017, no Distrito Federal, hoje conta com 422 mil inscritos no YouTube que buscam em milhares de vídeos do canal, dicas para estudar para um concurso específico.

A primeira dica do professor é se antecipar aos editais. “O meu conselho seria, fique atento antes mesmo de sair o edital. A partir do momento em que ele é autorizado e no momento de escolha da banca, por exemplo, porque já tem muita gente estudando para qualquer concurso a partir dessa tramitação. Mas se você decidir estudar quando sair o edital, é possível que você precise correr contra o tempo e estudar tópico a tópico do edital. Monte um bom cronograma de estudos, pegar as provas anteriores para ver o que é prioridade para a banca e ter muita disciplina até a data da prova”, explica o especialista.

Para Everton Suzart, 33, servidor de carreira na esfera federal e criador do perfil @dicasdecomunicacao.concurso e do canal no Youtube Dicas de Comunicação – Prof. Éverton Suzart, uma das primeiras coisas que o concurseiro deve observar com o lançamento de um edital é a área de atuação que deseja atuar.

“O primeiro ponto para o concurseiro é escolher a área o qual ele quer atuar devido às disciplinas que podem ser diferentes a depender das áreas. O segundo é por aproximação ao cargo. Algumas pessoas só escolhem a área pela remuneração, e isso acaba fazendo com que ela tenha uma frustração no futuro”, complementa o professor universitário. Quem já está a um bom tempo se preparando para o concurso já sabe, mas o Dornela oferece mais uma dica importante: ter disposição e disciplina.

“Estudar para concurso é como se fosse um trabalho, você tem que levar muito a sério. Você vai passar três, quatro horas por dia estudando, mas no final do mês a remuneração não cai. Você não vai ter um chefe te cobrando, vai ser você mesmo. Então, eu diria que o requisito é a disposição e também a paciência de saber que você vai colher o resultado disso a médio ou longo prazo”. Suzart aconselha, por sua vez, que o concurseiro deve estar bem atento a sua rotina e tentar aplicar os estudos do concurso ao ritmo da vida no dia a dia.

“Hoje em dia o concurso tem que contar com a tecnologia. Com o celular ele consegue levar materiais para todo o local. Você tem que organizar o seu cronograma de acordo com a sua rotina e ter metas de estudos. Quando você trabalha e estuda, que é a realidade de muitos brasileiros, você deve aproveitar todo o tempo e ter esse cronograma montado: o que vai estudar e os horários vai fazer com que o seu estudo, o seu ritmo, seja muito mais dinâmico”, aponta o professor.

Temáticas e assuntos importantes

Quem já está acostumado com o ritmo de concursos sabe que alguns assuntos são recorrentes. O professor Éverton Suzart indica que seus alunos comecem o concurso com as disciplinas básicas, como língua portuguesa, informática, raciocínio lógico-matemático, noções de direito constitucional e noções de direito administrativo.

“Você tem a base de muitos concursos que vêm cobrando essas disciplinas e já vão te dar um bom norte para o ano de 2024, sendo que quando o concurso for autorizado ou edital for publicado, você já tenha essas disciplinas estudadas e possa colocar uma matéria ou outra que você não estudou e de conhecimento específico. Dessa forma, você vai conseguir sair muito à frente dos outros concurseiros”, aponta ele. Segundo William Dornela, algumas temáticas são sempre pontuais e constantes, o que se mantém ainda necessário, como a legislação nas provas de língua portuguesa.

“É preciso estar atento também aos temas atuais e relevantes, como às temáticas que vão ter redação. A gente fala muito sobre inteligência artificial, e isso vem caindo bastante nas provas. Também quando se fala em questões sensíveis ao meio ambiente, no papel da mulher na sociedade, tudo isso vem despencando em provas. Temas sensíveis e muito relevantes”, explica ele.

Na hora da prova

Claro, além de uma preparação intensiva para o concurso, o estudante deve seguir alguns passos também antes de começar a prova, para conseguir realizá-la de maneira objetiva e tranquila.

“O primeiro ponto é deixar o material todo separado antes. Saber o que precisa levar e se organizar. É preciso também não se alimentar com coisas pesadas para estar tranquilo até mesmo um dia antes. Outro ponto é descansar, dormir um pouco mais cedo antes para acordar com disposição. Saia de casa cedo, não deixe para chegar no seu local de prova em cima da hora. A última dica que eu trago é: quando se sentir cansado, pede pra ir no banheiro, lava o rosto, respira um pouquinho, dá aquela renergizada e depois volta para fazer sua prova”, explica Suzart.

Além da preparação física e emocional, no momento da prova é também preciso ficar atento ao que está na prova. E para isso, o professor William Dornela aconselha que é preciso começar com as questões que são de maior conhecimento. “Não precisa seguir a ordem da prova, da questão 1 até a questão 100, por exemplo. Se você anda muito bem com a parte específica, começa por lá, porque você está mais acordado, está mais disposto, vai ficar mais animado, vai ter mais energia para terminar a prova melhor”, completa ele.

Pela primeira vez

O frio na barriga e o nervosismo são normais nesse processo. E para quem vai se jogar pela primeira vez em um concurso, os professores dão dicas imprescindíveis que podem ajudar na hora de realização do concurso.

“Melhor a dica é: não se assuste! É um universo, então você vai encontrar muito material, muita informação. Monte o seu cronograma de estudos. Hoje tem muita plataforma, muito vídeo, hoje o ensino é muito democratizado. É possível, por exemplo, você estudar de maneira gratuita, se você souber pesquisar direitinho. Seja disciplinado”, orienta o professor William Dornela.

“Quem quer começar 2024 como concurseiro e futuro concursado, a dica principal é ter resiliência. É muito normal que todo concurseiro seja reprovado inúmeras vezes antes de vir à aprovação. Você que está começando 2024 pensando em fazer concurso, já vai absorvendo essa ideia”

Concursos 2024

– Concurso Nacional Unificado

Edital: 10 de janeiro

Inscrições: de 19/01/2024 até 09/01/2024

– Petrobras

Edital: https://concurso2023.fiotec.fiocruz.br/

Inscrições: 22/01/2024 a 05/03/2024

– IFBaiano

Edital: https://ifbaiano.edu.br/portal/blog/if-baiano-abre-concurso-publico-com-96-vagas/

Inscrições: 03/01/2024 a 07/01/2024

– Inmetro

Edital: https://concurso.idecan.org.br/Concurso.aspx?ID=99

Inscrições: Até 08/01/2024

– Prefeitura de Correntina

Edital: https://www.correntina.ba.gov.br/prefeitura/concursos/

Inscrições: 04/01/2024 a 31/01/2024

Previstos

– Caixa Econômica Federal

– Correios

– Agência de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB

– ANEEL

– ANS

– ANTAQ

– BNDES

– CORE BA

– FUNAI

– IBGE

– Incra

– Ministério da Agricultura e Pecuária – Mapa

– MCTI

– MDHC

– MEC

– Ministério da Cultura

– Ministério da Saúde

– Ministério dos Povos Indígenas

– MMA

– Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia – SEAP BA

– TJ BA

 

Foto: Divulgação | EBC

 

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.