quarta, 19 de junho de 2024
Euro 5.8437 Dólar 5.4427

LULA AMEAÇA VETAR DESONERAÇÃO SE PREFEITURAS FOREM MANTIDAS NO PL

João Paulo - 23/10/2023 07:40 - Atualizado 23/10/2023

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ameaça vetar integralmente a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos, caso o Congresso não retire a redução da contribuição previdenciária de municípios do projeto de lei. De acordo com a coluna Painel, da Folha de São Paulo, O PL tramita no Senado. A medida, de acordo com assessores diretos do mandatário, é dada como certa no Planalto. O governo tem tentado ainda negociar a supressão desses benefícios às prefeituras.

Os impasses com o governo federal começaram após uma emenda ser inserida, em junho, no projeto do Senado para incluir as prefeituras na lista de contemplados. Com a emenda, municípios com mais de 142 mil habitantes poderiam passar a recolher 8% e não 20% para a previdência de servidores. O governo usa ainda o argumento que, por conta da reforma da Previdência, tornou-se proibido adotar medidas que reduzem a arrecadação que são pagas a aposentadorias.

Estima-se que o impacto adicional projetado por técnicos com o programa de até R$ 20 bilhões por ano para os cofres públicos. Até 2022, as desonerações representaram quase R$ 140 bilhões para a União. Anteriormente, só eram contemplados 17 setores da economia que, em um cenário pós-pandêmico, precisam tomar fôlego.

O benefício está em vigor desde 2012. Ele permite que os contemplados paguem alíquotas de 1%a 4,5% sobre a receita bruta, em vez de 20% sobre a folha de salários. Originalmente, o projeto no Congresso estendia o benefício até 2027. O Planalto avalia que a medida tem caráter eleitoral devido ao aos pleitos municipais ocorrerem em 2024. As conversas sobre o tema serão retomadas nesta semana.

Foto: Ricardo Stuckert/ PR

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.