sábado, 25 de maio de 2024
Euro 5.614 Dólar 5.1764

EMPRÉSTIMO DE US$ 1 BILHÃO DOS BRICS AMPLIA O ACESSO A CRÉDITO PARA AS EMPRESAS BRASILEIRAS

Victoria Isabel - 17/10/2023 10:20 - Atualizado 17/10/2023

As empresas brasileiras vão contar com o apoio do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), conhecido como banco dos Brics – bloco formado por países como Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – para obter financiamentos via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O empréstimo de US$ 1 bilhão será aportado no Programa Emergencial de Acesso a Crédito (FGI PEAC), que garante as operações de crédito concedidas aos empreendedores de micro, pequenas e médias empresas do país, ampliando o acesso ao financiamento nas instituições financeiras conveniadas. Com a garantia do FGI-PEAC, a taxa das operações de crédito atinge o máximo de 1,75% ao mês (23,14% ao ano).

“É uma importante opção para os pequenos negócios, que ainda enfrentam muitas dificuldades de acesso a crédito. O empréstimo foi solicitado pelo presidente Lula e recebeu aval do Senado. O pagamento deverá ser feito em 30 anos, com juros de 1,64% ao ano. Uma notícia que chega em um bom momento, quando a estimativa do IPCA para este ano caiu de 4,86% para 4,75% na semana”, destaca o presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, citando dados do Banco Central.

Décio Lima lembra alguns aspectos do ambiente de negócios que ainda precisam melhorar, “o volume da burocracia, a exigência de garantias e as altas taxas de juros funcionam como barreira que dificulta a vida das micro e pequenas empresas. Nesse contexto, os recursos direcionados para o FGI-PEAC vão ajudar as empresas brasileiras a impulsionarem os seus negócios e, consequentemente, permitir a manutenção do emprego e da renda”, afirma.

O acordo foi firmado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e a presidente do NBD e ex-presidente da República, Dilma Roussef, durante reunião do Fundo Monetário Internacional (FMI), no último dia 12, no Marrocos. O empréstimo já obteve o aval do Senado, após pedido apresentado pelo presidente Lula no primeiro trimestre do ano.

Foto: Leo Martins / Agência O Globo

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.