quinta, 30 de maio de 2024
Euro 5.6335 Dólar 5.2038

POR FALTA DE EDITAL, FESTIVAL DE JAZZ DO CAPÃO É CANCELADO NA BAHIA

Douglas Santana - 19/09/2023 09:47

Através das redes sociais, o diretor do Festival de Jazz do Capão, Rowney Scott, anunciou o cancelamento da edição deste ano. Segundo o diretor, a decisão foi tomada por causa da falta de edital da Secretaria de Cultura da Bahia (Secult).

Scott afirma que tentou organizar uma reunião com o titular da pasta, Bruno Monteiro, visando a realização do festival.

“Desde 2017, o festival tem parceria através da Secult. Em janeiro deste ano, o grupo dos calendarizados [que organiza o evento] protocolou uma carta ao secretário Bruno Monteiro, solicitando reunião para tratar da continuidade do edital. Nós nunca fomos atendidos pelo secretário”, disse o diretor.

O evento, que tem 14 anos de existência e dez edições realizadas, movimenta o cenário cultural baiano, tendo como marca o encontro de milhares de pessoas no Vale do Capão, em Chapada Diamantina.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Festival de Jazz do Capão (@festjazzcapao)

Scott acrescenta que o Jazz do Capão tem nível de produção internacional. E que vai seguir na luta para “manter vivo” o festival no Capão. Em nota, a Secretaria de Cultura da Bahia (Secult) disse que está atuando no lançamento de um novo edital, atendendo os novos marcos legais do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC).

A execução do edital vai garantir o financiamento de eventos como o Festival de Jazz do Capão por três anos, no mínimo. Veja a nota na íntegra:

“Reconhecemos a importância do Festival de Jazz do Capão e dos demais eventos calendarizados do estado da Bahia. No entanto, nos cabe esclarecer que o Edital de Eventos Calendarizados teve seu prazo encerrado em 2020 e foi estendido pela gestão passada, o que garantiu o financiamento dos eventos em 2021 e 2022 sem precisar disputar um novo edital. Esse prazo encerrou em dezembro de 2022.

Desde o início da atual gestão, temos trabalhado para lançar um novo edital atendendo os novos marcos legais do MROSC, com uma execução garantida de no mínimo 3 anos de financiamento aos eventos contemplados, inclusive prevendo uma ampliação na quantidade de eventos atendidos. Com certeza teremos à frente a continuidade de eventos e manifestações culturais tão importantes para nosso calendário baiano, após esse necessário ajuste legal. Ainda este ano o novo edital será lançado para apoiar eventos calendarizados a partir do ano que vem”, informa a nota enviada ao A Tarde.

 

Foto: Ulisses Dumas/Divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.