sexta, 24 de maio de 2024
Euro 5.614 Dólar 5.1764

BYD É UMA GREENTECH E SALVADOR PODE SE TORNAR O VALE DO SILÍCIO BRASILEIRO, DIZ EXECUTIVA

Douglas Santana - 16/08/2023 07:21 - Atualizado 16/08/2023

Durante um evento com a presença de jornalistas da América Latina, em Shenzhen, na China, a vice-presidente executiva global e CEO da BYD nas Américas, Stella Li, disse que Salvador pode se tornar o “Vale do Silício Brasileiro”. Na avaliação dela, o Brasil deve ser um mercado estratégico para a empresa.

Recentemente, a montadora chinesa BYD fechou um acordo com o Governo do Estado para instalação de uma fábrica em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A expectativa é que a inauguração ocorra entre o final de 2024 e o começo de 2025.

“Salvador pode se tornar um Vale do Silício brasileiro (…) O Brasil é um mercado muito importante para gente, é o número 6 da BYD no mundo. A BYD já está no Brasil há mais de 10 anos. O país é importante também pela geografia na América do Sul, já que pode ser uma um centro fabril para outros países perto. (…) No Brasil, as pessoas se preocupam com meio ambiente e eu acho que a eletrificação é uma solução (ambiental) para o Brasil”, disse Stella Li.

No evento, a BYD informou alguns números que mostram com quais “credenciais” a greentech desembarca no Brasil. A empresa tem 600 mil funcionários, sendo 70 mil engenheiros. A BYD é mais uma greentech do que uma montadora. Há quatro frentes de trabalho principais: eletrônicos, mobilidade elétrica, painéis solares e transporte rodoviário.

Greentechs são empresas de iniciativa verde que utilizam soluções tecnológicas não só para reduzir o impacto ambiental negativo das suas operações, como também para criar produtos e serviços que ajudem a preservar o planeta. Em média, são 10 patentes solicitadas pela BYD, por dia.

A BYD foi a primeira empresa do mundo a parar de produzir apenas carros a combustão, em março de 2022. Atualmente, produzem apenas veículos elétricos e híbridos, sendo líder mundial na venda e produção de elétricos e híbridos somados.

 

Fonte: Olhar Digital – Foto: Divulgação/GOV-BA

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.