sábado, 13 de julho de 2024
Euro 5.9574 Dólar 5.4654

ALIADOS DE LULA ESTUDAM FORÇAR SAÍDA DE CAMPOS NETO DO BANCO CENTRAL; ENTENDA

Tácio Caldas - 26/06/2023 15:33 - Atualizado 26/06/2023

Com a manutenção da taxa básica de juros pelo Banco Central (BC), aliados do presidente Lula (PT), no Congresso Nacional, analisam a possibilidade de utilizar um processo para forçar a saída de Roberto Campos Neto, presidente da instituição financeira. O plano é uma alternativa dos governistas caso Campos Neto permaneça insistindo em não reduzir a taxa Selic, que segue desde agosto do ano passado em 13,5%. O processo contra o BC tramita no Tribunal de Contas da União (TCU).

A ação apura supostas inconsistências contábeis de R$ 1 trilhão identificadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) no balanço do BC durante 2019, primeiro ano da gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A expectativa dos parlamentares é de que, se Campos Neto fosse condenado, o Senado Federal abriria um processo solicitando a cassação do mandato do atual presidente da instituição.

Ao relator do processo, ministro Jonathan de Jesus, auditores do BC afirmaram que não há problemas no valor apresentado na contabilidade da instituição financeira e que, na época, os valores foram aprovados pelo próprio TCU. De acordo com o Jornal Folha de São Paulo, os auditores do tribunal afirmaram, em relatório, que “tais demonstrativos não refletem adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a situação patrimonial, o resultado financeiro e os fluxos de caixa do BC”.

 

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.