terça, 18 de junho de 2024
Euro 5.8306 Dólar 5.4426

MUSEUS COMEMORAM 474 ANOS DE SALVADOR COM EXPOSIÇÕES

SX - 31/03/2023 09:26
Museus da capital baiana apresentam programação especial em comemoração aos 474 anos da cidade de Salvador, celebrado no dia 29 de março. O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) abre a exposição “Uanga”, do artista baiano J Cunha; o Museu Udo Knoff apresenta “Cidade Rosa: Alteridade, Diversidade e Performance”, do artista Wagner Lacerda; o Palacete das Artes realiza apresentações de Cameratas da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba); e o Museu de Arte da Bahia (MAB) lança uma exposição virtual e faz um bate-papo com o historiador Rafael Dantas e o fotógrafo e artista visual Diego Sei sobre o tema “Salvador 474 anos e os 100 anos da festa de Iemanjá”. Confira programação completa.

Localizado no Solar do Unhão, o MAM apresenta uma retrospectiva da vida do artista baiano J Cunha, de 1960 a 2023. Considerado um artista de múltiplas linguagens que atua como artista plástico, figurinista, coreógrafo e designer, J Cunha criou figurinos para o Grupo Viva Bahia, Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e Bloco Afro Ilê Aiyê. Para compor o acervo da exposição “Uanga”, que significa encantamento na língua bantu, foram retirados da casa do artista três caminhões de obras e peças entre telas, documentos, e instalações referentes à cultura negra e indígena. A abertura da exposição acontece no dia 29 de março, às 18h, e permanecerá para visitação gratuita até setembro.

No Pelourinho, o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica lança a exposição “Cidade Rosa: Alteridade, diversidade e performance” em parceria com o professor doutor da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, Wagner Lacerda. Com curadoria de Ricardo Biriba, a exposição é composta por 20 obras, incluindo imagens fotográficas impressas em canvas, pinturas em acrílico sobre tela, vídeos, instalações e projeções. A arte de Lacerda encanta e ao mesmo tempo provoca e problematiza com temas atuais e necessários, tais como misoginia, racismo e LGBTQIAPN+Fobia. A abertura acontece no dia 29 de março, às 15h, também com acesso gratuito.

Música – Já o Palacete das Artes, localizado no bairro da Graça, vai comemorar a data com apresentações de Cameratas da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba). A Bahia Cordas se apresenta no dia 28 de março, às 16h; a Opus Lumen, no dia 29, às 17h; e a camerata Quarteto Novo, no dia 30, às 16h, sempre com acesso gratuito. Além de apreciar a música erudita e popular, o público poderá conferir também a exposição “As poéticas visuais de Juarez Paraiso”, que permanece aberta para visitação com mais de 90 obras de sete décadas de vida do multiartista Juarez Paraíso.
Roda de Conversa – E no Corredor da Vitória, o Museu de Arte da Bahia (MAB) promove uma exposição virtual e um bate-papo presencial para celebrar o aniversário de Salvador. A exposição virtual “Salvador, Memória das Águas” do fotógrafo e artista visual Diego Sei e da arquiteta e urbanista Camila Novaes será lançada no Instagram do MAB, no dia 29 de março. No dia seguinte, a roda de conversa sobre o tema “Salvador 474 anos e os 100 anos da festa de Iemanjá”, com o historiador Rafael Dantas e o fotógrafo e artista visual Diego Sei, acontece às 17h, na Biblioteca de Artes José Pedreira do MAB.

SERVIÇO

Exposição “Uanga”, de J Cunha
Quando: Abertura – 29 de março – 18h
Onde: Museu de Arte Moderna (MAM), Solar do Unhão
Quanto: Gratuito

Exposição “Cidade Rosa: Alteridade, diversidade e performance”
Quando: Abertura – 29 de março, 15h
Onde: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Pelourinho
Quanto: Gratuito

Cameratas da Osba
Bahia Cordas – 28 de março, às 16h
Opus Lumen –  29 de março, às 17h
Quarteto Novo – 30 de março, às 16h
Onde: Palacete das Artes, Graça
Quanto: Gratuito

Exposição virtual “Salvador, Memória das Águas”
Fotógrafo e artista visual Diego Sei/ Arquiteta e urbanista Camila Novaes

Quando: 29 de março
Onde: Instagram do Museu de Arte da Bahia (MAB)
Quanto: Gratuito

Roda de conversa sobre o tema “Salvador 474 anos e os 100 anos da festa de Iemanjá”
Historiador Rafael Dantas/ Fotógrafo e artista visual Diego Sei

Quando: 30 de março – 17h
Onde: Biblioteca de Artes José Pedreira do MAB
Quanto: Gratuito

Foto: Divulgação Secult

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.