sexta, 19 de julho de 2024
Euro 6.0895 Dólar 5.5736

OSBA REALIZA CONCERTO GRATUITO NA CATEDRAL BASÍLICA DE SALVADOR

SX - 30/03/2023 09:29
Dando início a sua Temporada 2023, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) realiza um concerto gratuito no dia 31 de março (sexta-feira), às 19h, na Catedral Basílica de Salvador, localizado no Largo Terreiro de Jesus, no Pelourinho.

Com curadoria artística e regência do maestro Carlos Prazeres, a OSBA homenageia neste concerto os 150 anos de nascimento do compositor russo Rachmaninoff (1873-1943), que tem como marca o próximo dia 1º de abril.

O concerto terá a participação como solista de Leonardo Hilsdorf, um dos principais nomes da nova geração de pianistas brasileiros, que vem se apresentando com sucesso em palcos da Europa, dos Estados Unidos e do Brasil. A apresentação também contará com solo do spalla da OSBA, o violinista chileno Francisco Roa.

Na homenagem a Rachmaninoff, serão interpretadas as obras “Vocalise, Op.34” e “Rapsódia sobre um tema de Paganini, Op.43” do compositor russo. O programa da apresentação também contará com as peças “Intermezzo da Ópera Cavalleria Rusticana”, do compositor italiano Pietro Mascagni (1863-1945), além do “Concerto para violino em Mi Maior”, do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750).

Homenagem a Rachmaninoff

O ponto central do concerto de abertura da temporada 2023 da OSBA é a homenagem ao compositor russo Sergei Rachmaninoff. Na próxima data de 1º de abril, um dia após o concerto na Catedral Basílica de Salvador, o mundo da música de concerto estará celebrando os 150 anos de nascimento de Rachmaninoff, que é considerado um dos últimos grandes nomes musicais do estilo romântico.

“O concerto começará com a obra “Vocalise” e terminará com “Rapsódia sobre um tema de Paganini”, que se relaciona com a morte deste compositor russo, ocorrida em 28 de março de 1943, há 80 anos. “Rapsódia…” possui o tema “Dies Irae” (“Dia da Ira”), composição medieval alusiva à morte, e que é muito utilizada por diversos compositores na história da música”, explica Prazeres.

A apresentação ainda trará duas peças que estão relacionadas com o repertório interpretado pela OSBA no Festival Música em Trancoso, que ocorreu neste mês de março. São elas: “Intermezzo da Ópera Cavalleria Rusticana”, do compositor italiano Pietro Mascagni (1863-1945), música que esteve presente no concerto “Uma Viagem pelo Mundo”; além do “Concerto para violino em Mi Maior BWV 1042”, do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), peça que estava no repertório da apresentação “Bach Etéreo”.

SOBRE A OSBA:

Criada em 30 de setembro de 1982, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da OSBA, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura (SecultBA) e Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb).


31/MAR (SEXTA-FEIRA) – CONCERTO DE ABERTURA DA TEMPORADA 2023 DA ORQUESTRA SINFÔNICA DA BAHIA

Horário: 19h

Local: Catedral Basílica de Salvador (Largo Terreiro de Jesus, Pelourinho)

Entrada: Gratuita

Regente: Carlos Prazeres

Solistas: Leonardo Hilsdorf (piano) e Francisco Roa (violino)

Programa:

P. MASCAGNI – “Intermezzo” da Ópera Cavalleria Rusticana

J. S. BACH – Concerto para violino em Mi Maior, BWV 1042

S. RACHMANINOFF – Vocalise, Op.34

S. RACHMANINOFF – Rapsódia sobre um tema de Paganini, Op.43

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.