segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.953 Dólar 5.4598

SALVADOR RECEBE SEGUNDA MAIOR COMPETIÇÃO NACIONAL DE BMX NO FIM DE SEMANA

Nicolle Melo - 10/03/2023 10:53 - Atualizado 10/03/2023

Salvador será sede, neste sábado (11) e domingo (12), do BMX nacional com a Copa Brasil de BMX 2023.

Válido pelo ranking nacional C2, sendo a segunda maior competição da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) em 2023, o evento reúne cerca de 200 atletas amadores e profissionais na Pista de Bicicross Tertuliano Torres, na Avenida Octávio Mangabeira, na Orla de Pituaçu. Os atletas e as equipes de 18 estados e de cidades baianas como Salvador, Feira de Santana, Pojuca, Lauro de Freitas, Camaçari e Itaberaba disputam as 41 categorias oficiais, entre homens e mulheres, a partir dos cinco anos de idade. 

Com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e da Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur), a competição é realizada pela Associação de Bicicross de Salvador (ABS) e pela Federação Baiana de Ciclismo (FBC). A programação inicia no sábado com os treinos livres para os atletas prepararem-se e fazerem o reconhecimento da pista. Já no domingo, a partir das 9h30, terão as primeiras provas da fase classificatória. Logo depois, por volta das 13h, acontecem as fases finais e, posteriormente, as premiações dos melhores colocados de cada categoria.

O diretor-técnico da competição, Leonardo Gonçalves, mostra-se empolgado com a realização da competição em solo baiano. “É a primeira competição nacional do ano e soma muitos pontos para o ranking nacional. Por ser localizada no Nordeste, essa prova tem uma grande importância para os atletas de todos os estados da região que participam em peso. É muito importante ter o apoio da Sudesb para trazer uma competição desta para perto de todos nossos atletas e fazê-los medirem forças com competidores de diferentes estados. Isso também ajuda a mostrar o esporte para as pessoas”, afirma Leonardo. 

Sobre a pontuação gerada na competição, os atletas dos diferentes estados, inclusive da Bahia, poderão pleitear programas de apoio e incentivo ao esporte nos âmbitos estaduais e nacional. O Projeto Pedal, uma parceria entre a ABS e a Sudesb, estará representada por 45 alunos. Além disso, a expectativa, de acordo com os técnicos baianos, é de que o estado terá bons resultados de nomes da capital e do interior, com destaque para os novos talentos nas categorias de base. 

Fonte: Ascom/Sudesb 
Foto: Divulgação/Sudesb

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.