segunda, 17 de junho de 2024
Euro 5.802 Dólar 5.4184

UNIDADE DO PORTO DE SALVADOR ZERA ENVIO DE RESÍDUOS PARA O ATERRO SANITÁRIO

Redação - 21/10/2022 08:14 - Atualizado 21/10/2022

A unidade de negócios da Wilson Sons do Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador), zerou o envio de resíduos para o aterro sanitário no mês de setembro.

“Tínhamos como objetivo no início do projeto eliminar mensalmente 40% do volume de resíduos destinado para aterro”, conta Mikhaill Novais, gerente de SMS do Tecon Salvador em entrevista ao Jornal Correio.

O executivo detalha que, em setembro, 46% dos resíduos foram destinados para reciclagem, 23% para coprocessamento, 15% para incineração e 16% para compostagem. O material inclui papel, plásticos, materiais contaminados com óleo, rejeitos sanitários, material de construção e resíduos orgânicos descartados no refeitório. O coprocessamento é o método que permite a utilização de resíduos como combustível alternativo em cimenteiras, já no coprocessamento ele é reaproveitado na forma de adubo. É aquela coisa, eles chegaram na meta e mais do que dobraram ela.

Foto: divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.