sábado, 13 de julho de 2024
Euro 5.9574 Dólar 5.4654

VEJA OS FAMOSOS QUE NÃO CONSEGUIRAM SE ELEGER NA BAHIA

Redação - 03/10/2022 12:25 - Atualizado 03/10/2022

Com a alta popularidade muitos famosos tentam utilizar da fama para conseguir uma cadeira no congresso. Alguns conseguem sua vaga, outros não convertem o número expressivo nas redes sociais em votos suficientes.

Veja abaixo os famosos que foram candidatos a deputados estatuais e federais derrotados nas eleições.

Igor Kannário (União Brasil)

O cantor de pagode baiano com quase 1 milhão de seguidores conhecido como “Príncipe do Gueto” obteve apenas 20.514 votos, não conseguindo renovar seu mandato. O artista ingressou na política em 2017 como vereador.

Ed City (PP)

Ed Cidy, também cantor de pagode, com quase 500 mil seguidores recebeu menos de 6500 votos e não ingressou na política.

Leo Kret (PDT)

Leo Kret, cantora, dançarina e a primeira vereadora trans da Bahia  ganhou 9.012 mil votos e não se elegeu deputada federal.

Netinho da Bahia (PL)

Dono de sucesso como “Mila”, “Menina” e “Preciso de você”,  Netinho concorreu a deputado federal e com 31 mil votos que não bastaram. O cantor é criticado por seu apoio a Jair Bolsonaro.

Xexéu Beija-Flor (Patriota)

Um dos primeiros e mais famosos cantores da timbalada tentou ser deputado federal e com votação inexpressiva, 698 votos, não obteve sucesso.

Binha do Bahia (Psol)

Binha do Bahia, ícone da torcida do Bahia e filiado ao Partido Socialista e Sociedade recebeu somente 2.755 votos.

Lazzo Matumbi (Rede)

Mais um cantor pleiteando eleição a deputado federal sem conseguir, Lazzo oriundo do bloco afro Ilê Aiyê recebeu pouco mais de 4 mil votos.

Foto: Câmara dos Deputados

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.