CONFIANÇA DA CONSTRUÇÃO TEM CRESCIMENTO, DIZ FGV

CONFIANÇA DA CONSTRUÇÃO TEM CRESCIMENTO, DIZ FGV

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Índice de Confiança da Construção (ICST),  subiu 1,2 ponto em junho, para 97,5 pontos. Em médias móveis trimestrais, o índice avançou 1,5 ponto. Para Ana Maria Castelo, coordenadora de Projetos da Construção do FGV Ibre, o setor continuou crescendo no primeiro semestre, mas em ritmo moderado. Segundo a pesquisadora, o avanço é claro na comparação entre mesmos períodos de 2022 e 2021, “com melhora de quase todos os indicadores”, mas o cenário é mais “desafiador” em relação ao fim de 2021, “o que sugere moderação no ritmo de crescimento, que sofre com os efeitos de um cenário mais desafiador enfrentado pelas empresas”.

Em junho, a alta do ICST foi influenciada pela melhora tanto das avaliações sobre o momento quanto pelas perspectivas futura. O Índice de Situação Atual (ISA-CST) subiu 1,4 ponto, indo para 93,9 pontos e o Índice de Expectativas (IE-CST) aumentou 0,9 ponto, alcançando 101,2 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade da Construção subiu 1,1 ponto percentual, chegando a 77,1% em junho.

Foto: Facebook/ Sinduscon-BA