ELETROBRAS DESVALORIZA 2,2% NA ESTREIA DAS NOVAS AÇÕES

ELETROBRAS DESVALORIZA 2,2% NA ESTREIA DAS NOVAS AÇÕES

A estreia dos novos papéis da Eletrobras na Bolsa não foram nada bons. Seguindo uma tendência do mercado, a ação ELET3 fechou o pregão com queda de 2,20%, em R$ 40,10. As ações ELET6, com maior liquidez, caíram menos, 0,81%, a R$ 39,38. O governo concluiu na quinta a privatização da Eletrobras. Cada ação foi precificada em R$ 42, mas perdeu valor no primeiro dia. Para Vicente Koki, analista do setor de energia da Mirae Asset, não foi uma rejeição ao ativo, mas um “comportamento em grupo” num dia negativo na Bolsa: — Hoje o mercado foi muito ruim para todas as ações. Acredito que há boas expectativas para a empresa no longo prazo. A etapa de liquidação deve ocorrer nesta terça-feira, quando o dinheiro do FGTS investido por trabalhadores deve aparecer na conta da instituição escolhida para a aplicação. Além disso, um lote extra de papéis deve ser ofertado nos próximos dias.

Foto: divulgação