BOLSONARO CHAMA ELON MUSK DE ‘MITO DA LIBERDADE’

BOLSONARO CHAMA ELON MUSK DE 'MITO DA LIBERDADE'

Bolsonaro se encontrou com musk hoje pela manhã em São Paulo e elogiou a tentativa de compra do Twitter pelo bilionário. Segundo Bolsonaro é um “sopro de esperança”. Os dois estão reunidos no evento “Conecta Amazônia”, organizado pelo Ministério das Comunicações, no Hotel Fasano Boa Vista, na cidade de Porto Feliz, no interior de São Paulo. A comitiva do presidente chegou ao local por volta das 10h30. Musk é o fundador da SpaceX e negocia uma operação para comprar o Twitter. Em janeiro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu aval ao pedido da Starlink, empresa de Musk, para operar satélites de órbita baixa no Brasil.

“O mais importante da presença dele é algo que é imaterial. Hoje em dia, poderíamos chamá-lo de mito da liberdade. O exemplo que nos deu, há poucos dias, quando anunciou a compra do Twitter, para nós aqui foi como um sopro de esperança”, disse o presidente, que reclama das políticas de combate às fake news e discursos de ódio nas redes sociais. Para ele, trata-se de uma violação às liberdades de expressão.

A estratégia de comunicação nas redes sociais é classificada como crucial pelo Planalto para Bolsonaro enfrentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de outubro. Como mostrou o Estadão, integrantes da família Bolsonaro ganharam cerca de 200 mil novos seguidores no Twitter após a venda do aplicativo para Musk. Especialistas levantam a hipótese de haver impulsionamento por contas automatizadas. Esse padrão não foi identificado nos perfis dos políticos no Instagram.

Foto: divulgação