IREUDA QUER REVISÃO DO PLANO DE CARREIRA DA GUARDA MUNICIPAL

IREUDA QUER REVISÃO DO PLANO DE CARREIRA DA GUARDA MUNICIPAL

A presidente da Comissão de Defesa de Direitos da Mulher, vereadora Ireuda Silva (Republicanos), defende que o Plano de Carreira e Vencimento da Guarda Civil Municipal (GCM) permita que mais mulheres integrem a corporação e ascendam cada vez mais na hierarquia. Ela elogia a representatividade feminina no Executivo Municipal e diz que “essa visão pioneira, corajosa e moderna no país” precisa ser assegurada na GCM.

“Infelizmente, foi tirado do Plano de Carreira e Vencimentos a proposta que previa um percentual mínimo de 20% de vagas para mulheres ocuparem os cargos em todos os níveis da carreira. Sendo já enviado à Câmara com a alteração. Tenho certeza que o prefeito Bruno Reis não está ciente dessa situação, que é incompatível com a sua visão em prol da igualdade e da ascensão feminina em espaços de poder”, diz Ireuda.

“Quando assumiu o mandato em janeiro de 2021, o prefeito mostrou de imediato que uma das marcas da gestão seria a participação feminina. Cerca de 40% do secretariado é comandado por mulheres — um verdadeiro avanço na história de Salvador e da Bahia. Também há muitas mulheres em outros cargos importantes”, avalia. “O crescente empoderamento feminino é inevitável e Bruno aderiu a essa expressão de progresso com a consciência de um grande chefe de estado”, completa Ireuda.

 

Foto: Valdemiro Lopes