ECLIPSE TOTAL DA LUA ACONTECE NA NOITE DE 15 DE MAIO

ECLIPSE TOTAL DA LUA ACONTECE NA NOITE DE 15 DE MAIO

A noite de domingo (15) para segunda-feira (16) terá o primeiro e único eclipse total da Lua de 2022. O fenômeno será visível em toda a América do Sul e América Central, parte da América do Norte, parte da Europa e parte da África. O fenômeno acontece quando a Lua entra na sombra da Terra em um alinhamento entre Sol, Terra e Lua. No eclipse lunar total, o satélite natural da terra fica com a coloração avermelhada, a chamada “Lua de Sangue”. O Observatório Nacional, unidade de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (ON/MCTI), fará a transmissão ao vivo do eclipse a partir de 23h15, pelos telescópios de seus parceiros do projeto O Céu em sua Casa: observação remota.

O fenômeno

A tecnologista sênior do Observatório Nacional, Dra. Josina Nascimento, explica que quando um corpo extenso, como o Sol, ilumina outro corpo extenso ocorrem duas regiões de sombra: a penumbra e a umbra. No caso da penumbra, a sombra recebe luz de alguns pontos da fonte luminosa. Já a umbra é uma sombra que não recebe luz nenhuma da fonte luminosa.

“Quando a Lua entra na penumbra, temos um eclipse penumbral, quando entra em parte da umbra, temos um eclipse parcial e quando entra totalmente na umbra temos o eclipse total, quando a Lua fica ainda mais linda e avermelhada. Todo eclipse total passa pelas fases penumbral e parcial”, destaca Josina.

“Esse eclipse da Lua é triplo-total para os brasileiros: é um eclipse total, totalmente visível em todo o Brasil. É totalmente visível porque a Lua estará acima do horizonte (e alta no céu) durante todas as fases do eclipse: penumbral, parcial, total, parcial e  penumbral. O próximo eclipse total da Lua que poderá ser visto nessas circunstâncias aqui no Brasil será somente de 25 para 26 de junho de 2029. Vamos torcer para que o tempo fique bom e que possamos assistir esse fenômeno maravilhoso”, completa Josina.

Crédito: NASA