ROMA QUESTIONA RUI COSTA POR HOMICÍDIOS NA BAHIA

ROMA QUESTIONA RUI COSTA POR HOMICÍDIOS NA BAHIA

Por Redação

O pré-candidato bolsonarista ao governo baiano e deputado federal, João Roma, afirma nesta segunda-feira, 9, que os índices de violência na Bahia mostram ‘o fracasso da política de segurança do PT’. “A Bahia acumula mais de 75 mil homicídios em 16 anos de governos petistas e o governador Rui Costa agora quer botar a culpa no presidente Bolsonaro pela desenfreada violência em nosso estado?”, questiona o pré-candidato.

Roma ainda eleva o tom ao lembrar que a segurança pública é obrigação constitucional dos estados. Segundo o pré-candidato bolsonarista, o governo federal já destinou mais de R$ 100 milhões a Bahia para esse fim desde 2019. “O governador Rui Costa, por sua vez, não executou nem 20% desse montante em capacitação e equipamentos para as polícias Militar e Civil”, dispara.

A afirmação de Roma ocorre após um final de semana que registra três mortes de policiais militares em Salvador. No sábado, 7, o soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, de 30 anos, foi morto após ser baleado enquanto trabalhava em Águas Claras. No domingo, 8, Dia das Mães, os soldados Victor Vieira Ferreira Cruz e Shanderson Lopes Ferreira foram assassinados na região de Cajazeiras quando retornavam do sepultamento de Alexandre.

 

 

Foto: FOTOARENA/ESTADÃO