A VERDADEIRA RAZÃO PARA ACM NETO TER TROCADO LEÃO POR CACÁ LEÃO

A VERDADEIRA RAZÃO PARA ACM NETO TER TROCADO LEÃO POR CACÁ LEÃO

A substituição do vice-governador João Leão por seu filho, o deputado federal Cacá Leão, na chapa que tem o ex-prefeito ACM Neto como candidato ao governo do Estado foi uma estratégia política. Vários fatores pesaram na decisão tomada em consenso com Leão, mas a principal delas tem relação com a possibilidade de haver segundo turno na disputa pelo governo do Estado.

ACM Neto acredita que ganhará a eleição no primeiro turno como atestam as pesquisas eleitorais, mas para que isso ocorra é preciso que a chapa oficiosa Lula/Neto esteja disseminada no imaginário dos eleitores. No entanto, isso só acontecerá se Lula não atacar Neto diretamente na campanha, se poupar o ex-prefeito, bem ao contrário do que deseja Jerônimo Rodrigues, cuja possibilidade de chegar ao segundo-turno depende exatamente do eleitor ver nele o candidato de Lula.

Infelizmente para Jerônimo, Lula não vai atacar Neto na campanha, pelo menos até ver a força eleitoral do candidato,  pois não pode se dar ao luxo de perder um possível aliado na disputa violenta que ocorrerá no segundo-turno da eleição presidencial entre ele e Bolsonaro.  Assim, com Lula manietado, aumentam as possibilidades de ACM Neto vencer no primeiro turno, o que lhe daria a posição confortável de “noiva” que seria cortejada tanto por Lula quanto por Bolsonaro.

Mas o cenário mudará completamente se Jerônimo Rodrigues se mostrar competitivo e, principalmente, chegar ao segundo-turno. Nesse cenário, ACM Neto terá obrigatoriamente de tomar posição e a favor de Bolsonaro, pois com o PT da Bahia tendo candidato no segundo-turno, Lula terá de partir para cima do ex-prefeito, caracterizando o lado de cada um na disputa feroz.

É aí que entra Cacá Leão, a arma secreta de Neto, se houver um segundo-turno com Jerônimo Rodrigues, o candidato do PT. Cacá é uma figura da estrita confiança dos líderes do Centrão, Artur Lira e Ciro Nogueira,  tendo sido relator da Comissão de Orçamento e sendo líder da bancada do PP.  Cacá está muito mais próximo de Bolsonaro do que seu pai João Leão, que chegou até a dizer que votaria em Lula.

Pois bem, ao ter Cacá Leão como candidato a vice na sua chapa, Neto passa a ter o apoio incondicional do Centrão que, junto com os padrinhos Ciro Nogueira e Arthur Lira, impedirá que Bolsonaro ataque de frente ACM Neto no primeiro turno, a única possibilidade de João Roma crescer na disputa.

E, mais importante que isso, é que o Centrão, que passa a compor a chapa de Neto, será o elo que o aproximará de Bolsonaro se houver segundo-turno e for concretizada a disputa entre ele  e Jerônimo Rodrigues. E aí com o PT da Bahia disputando o segundo turno, Lula vai virar a metralhadora contra o ex-prefeito, que vai precisar de Cacá Leão para fazer a ponte com o Centrão e com Bolsonaro. (EP-09/05/2022)