VEREADOR CULPA RENÚNCIA FISCAL POR ALTA DA TARIFA DOS ÔNIBUS

VEREADOR CULPA RENÚNCIA FISCAL POR ALTA DA TARIFA DOS ÔNIBUS

Por Redação

O vereador Sílvio Humberto (PSB) criticou o anúncio feito pelo prefeito Bruno Reis (União) sobre o reajuste da tarifa de transporte público para R$4,90, que deverá acontecer em junho, caso não seja liberado o subsídio federal.  Para o vereador, a Prefeitura neste momento empurra para população pagar pelo erro cometido em 2019, ao renunciar mais de R$100 milhões com isenção fiscal de empresários do transporte.

“A gestão da época renunciou mais de R$100 milhões dos cofres públicos ao isentar os empresários do transporte de pagarem o Imposto Sobre Serviços (ISS), iludindo a população para a chegada de ônibus com ar condicionado”, disse Humberto, em nota.

O projeto foi aprovado em agosto de 2019, após acaloradas discussões e suspensão do pedido de vistas feito pela então bancada de oposição, também composta por Sílvio Humberto, que deu voto contrário à proposta. Para Sílvio Humberto, a iniciativa que a Prefeitura deveria ter é a de buscar gerar emprego e renda.

Foto: Reginaldo Ipê