DÓLAR FECHA A R$ 4,99 E ACUMULA ALTA DE 8% EM TRÊS DIAS

DÓLAR FECHA A R$ 4,99 E ACUMULA ALTA DE 8% EM TRÊS DIAS

Em dia de forte nervosismo no mercado internacional, o dólar aproximou-se de R$ 5, mesmo com o Banco Central (BC) intervindo no câmbio. A bolsa de valores caiu pela sétima vez consecutiva e atingiu o menor nível desde o fim de janeiro.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (26) vendido a R$ 4,991, com alta de R$ 0,115 (+2,36%). A cotação operou em alta durante toda a sessão e só não ultrapassou os R$ 5 porque o BC fez um leilão extra de US$ 500 milhões em contratos de swap cambial, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro.

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana acumula alta de 8,04% apenas nas últimas três sessões. A divisa acumula alta de 4,83% em abril e queda de 10,49% em 2022.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela volatilidade. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 108.213 pontos, com queda de 2,23%. O indicador acompanhou os mercados norte-americanos e caiu, puxado por ações de bancos brasileiros, que divulgaram lucros menores que o previsto.

 

Foto/Fonte: Valter Campanato/Agência Brasil