CARREIRAS MILITARES ABREM OPORTUNIDADES

CARREIRAS MILITARES ABREM OPORTUNIDADES

Se você almeja uma carreira militar, a hora é agora. A Escola de Sargentos das Armas do Exército Brasileiro reabriu o prazo de inscrições para as vagas nos cursos de formação e graduação de sargentos e a data final irá até 06 de maio de 2022. Mesmo sem terem sido divulgadas informações sobre o número de vagas ou remuneração, a realização de seleção para a reposição do quadro dos Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia também está mobilizando os estudantes. De acordo com o professor do curso preparatório Impacto Marcus Vinicius Mendes, mais conhecido como Professor Marcão, a carreira militar está entre as mais desejadas, pois além do plano de carreira, há estabilidade financeira e assistência médica.  “Todas essas vantagens vem atraindo os jovens e tornando o concurso cada vez mais concorrido”, reforça.

Sargentos

Vale lembrar que a Escola de Sargentos abrirá vagas gerais: 900 para homens e 105 para mulheres), música (40 vagas para ambos os sexos) e saúde (55 vagas para ambos os sexos), com previsão de lotação em todos os estados e no Distrito Federal, totalizando 38 municípios contemplados, inclusive Salvador. Para os candidatos negros serão disponibilizadas 220 vagas.

Para a seleção geral do Exército, podem participar pessoas com idade de 17 a 24 anos, com estaturas mínimas de 1,60m (homens acima de 18 anos), 1,57m (homens de 17 anos) e 1,55m (mulheres), além de autorização do responsável legal em caso de menores de idade. Para quem deseja as áreas de saúde e música, o limite de idade se estende até os 26 anos.

É necessário ainda que os rapazes estejam com as obrigações militares em dia e que os candidatos de ambos os sexos também estejam quites com as obrigações eleitorais. A taxa de inscrição possui o valor de R$ 95,00. Mais informações sobre o concurso ESA podem ser na página da instituição ou por e-mail: concurso@esa.eb.mil.br.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros não realiza seleção desde 2019 e para quem deseja abraçar essa carreira, a dica do professor Marcão é começar com uma leitura minuciosa do último edital. “Assim o candidato vai ter o conhecimento sobre os conteúdos programáticos e iniciar os estudos baseado neles”, garante o professor. Ele lembra ainda que o candidato vai se sair bem se aproveitar as provas anteriores para ir se familiarizando e treinando com as questões.

Quando o assunto é a banca responsável pela elaboração das provas, o professor reforça que a UNEB tem como principais características questões com textos extensos, principalmente nas provas de língua portuguesa, Ciências Humanas e nas questões de Direito. “A prova de matemática além de cobrar raciocínio lógico, também exige matemática básica do ensino fundamental e médio, abrangendo todos os conhecimentos da vida escolar do candidato”, orienta.

Marcão ressalta que embora não tenha sido lançado, a expectativa é que se trate de um edital amplo, exigindo dedicação na preparação. O professor explica ainda que as disciplinas de língua portuguesa e redação são as que tem os maiores pesos no concurso, mas salienta a importância das questões de direito, matemática, inglês, ciências humanas, ciências da natureza  e informática.

Critérios para os bombeiros

Para concorrer ao Curso de Formação de Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CFOBM), os candidatos precisam ter o ensino médio completo, serem brasileiros natos, naturalizado ou ter nacionalidade portuguesa; ter faixa etária entre 18 e no máximo 30 anos de idade completos; estar em dia com o serviço militar obrigatório e com a justiça eleitoral, possuir idoneidade moral, aptidão física e mental; ter estatura mínima, descalço, de 1,60m para o sexo masculino, e 1,55m para o sexo feminino; ter Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria B; não ter contra si decisões condenatórias ou a suspensão dos direitos políticos; não ter sido demitido do serviço público por processo administrativo ou judicial.

Além da prova objetiva, o professor reforça a atenção ao teste de aptidão física, o TAF, que faz parte do processo seletivo. “É muito importante o candidato está se condicionando para executar os exercícios cobrados na seleção. O acompanhamento de um profissional da área de educação física é fundamental, assim evitará possíveis lesões e terá uma preparação voltada para o edital”, defende. Vale salientar que, no caso do concurso dos bombeiros, são cobrados corrida, barra dinâmica para o sexo masculino, barra fixa para o sexo feminino, natação de 25 m livre e o tiro de 50 m.

Foto: divulgação