BRUNO REIS DIZ QUE ALAGAMENTO NA CALÇADA SERÁ RESOLVIDO COM A CHEGADA DO VLT

BRUNO REIS DIZ QUE ALAGAMENTO NA CALÇADA SERÁ RESOLVIDO COM A CHEGADA DO VLT

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) minimizou, na manhã desta quarta-feira (20), as críticas que vêm sendo feitas à sua gestão nas redes sociais devido ao alagamento da Rua Nilo Peçanha, na Calçada, que sofre com os efeitos das fortes chuvas que atingem a capital baiana desde o feriado de Páscoa.

Segundo o prefeito, o problema da região, com histórico de alagamentos sempre quando há chuva,  seria resolvido com um investimento da ordem de R$ 40 milhões para ampliar a drenagem na localidade.  A prefeitura, no entanto, de acordo com o prefeito, preferiu investir os mesmos R$ 40 milhões em 30 áreas de riscos em Salvador, o que, conforme entendimento de Bruno Reis, ‘salvou milhares de vidas’.

“A solução definitiva ali teria que se investir 40 milhões de reais. Aí você vai investir 40 milhões para ampliar a drenagem para que não alague por meia hora ou pegar 40 milhões de reais e proteger trinta áreas de risco e salvar milhares de vidas?”,  provocou o prefeito, durante entrega de geomantas no bairro de São Marcos. O problema de Nilo Peçanha, continuou o prefeito, será resolvido com a construção do VLT, quando se retirará os trilhos do antigo trem da região, o que permitiria drenar o fluxo de água para a Calçada.

“Essa conta o prefeito tem que fazer. Tem solução, tem. Nilo Peçanha está ali do lado da estação do trem, VLT chegando ali vai tirar os trilhos (do antigo trem) e a gente vai poder drenar a água no sentido da Calçada, com investimentos bem melhores”, disse. A capital amanheceu, nesta quarta-feira, com chuvas torrenciais e registro de alagamentos em diversos pontos da cidade. Na entrada da Rodoviária, imagens mostram trechos completamente alagados. Na Região Metropolitana, em Lauro de Freitas, passageiros de um ônibus ficaram ilhados e tiveram que ser resgatados por botes.

Foto: divulgação