SERVIÇOS TURÍSTICOS NA BAHIA RECUAM ENTRE JANEIRO E FEVEREIRO (-1,0%)

SERVIÇOS TURÍSTICOS NA BAHIA RECUAM ENTRE JANEIRO E FEVEREIRO (-1,0%)

Em fevereiro de 2022, as atividades de serviços ligadas ao turismo na Bahia apresentaram nova queda (-1,0%) frente ao mês anterior (com ajuste sazonal). Foi o segundo recuo consecutivo para o estado nessa comparação, um resultado idêntico ao nacional (-1,0%) e o 6º dentre os 12 estados onde as atividades de serviços ligadas ao turismo são pesquisadas separadamente.

Os melhores desempenhos foram apresentados por Minas Gerais (6,2%), Ceará (1,0%) e Rio de Janeiro (0,2%). Já na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a Bahia teve, em fevereiro, a sua 11a alta consecutiva no volume de serviços ligados ao turismo (31,6%). Foi o maior crescimento do turismo para um mês de fevereiro, no estado, desde o início da série histórica da PMS, em 2012 para esse indicador interanual.

O desempenho do turismo baiano em fevereiro/22 versus fevereiro/21 foi melhor do que no país como um todo (28,7%) e o 5º entre os 12 estados onde o segmento é pesquisado. Todos eles mostraram aumento nessa comparação, liderados por Minas Gerais (63,1%), Ceará (43,0%) e São Paulo (35,1%).

No acumulado nos dois primeiros meses do ano, época tradicional das férias de verão, as atividades de serviços ligadas ao turismo na Bahia acumularam crescimento de 25,5%, frente ao mesmo período de 2021. O avanço foi um pouco menor do que o nacional (29,0%) e apenas o 6º entre os 12 estados investigados.

Ainda assim, foi a maior alta acumulada do turismo na Bahia, para um primeiro bimestre, em dez anos, desde o início da série histórica desse indicador, em 2012. Nos 12 meses encerrados em fevereiro, os serviços turísticos baianos continuam com o melhor desempenho do país, num crescimento de 65,6%. Nacionalmente a alta é 39,0% e todos os estados apresentam resultados positivos.

Foto: divulgação