RÚSSIA PROMETE NOVA TRÉGUA HOJE PARA UCRANIANOS

RÚSSIA PROMETE NOVA TRÉGUA HOJE PARA UCRANIANOS

A Rússia anunciou que fará uma nova trégua, nesta quarta-feira, para abrir corredores humanitários que permitam a fuga de civis da capital, Kiev, e de outras quatro cidades ucranianas. O número de refugiados criado pelo maior ataque a um país europeu desde a Segunda Guerra Mundial já ultrapassa 2 milhões.

Mikhail Mizintsev, chefe do Centro de Controle de Defesa Nacional da Rússia, foi citado pela agência de notícias Tass, afirmando que as forças russas “observariam um regime de silêncio” a partir das 10h (horário de Moscou) para garantir a passagem segura de civis que desejam deixar Kiev, Chernihiv, Sumy, Kharkiv e Mariupol.

Não ficou claro se as rotas propostas passariam pela Rússia ou pela Bielorrússia, condições anteriormente contestadas pelo governo ucraniano.

Trégua violada

Esta será a quinta trégua prometida pela Rússia, para permitir a evacuação de civis durante a guerra. Nessa terça-feira, milhares de ucranianos deixaram as cidades de Sumy, no Nordeste, e de Irpin, perto da capital, Kiev. O “corredor humanitário” na cidade sitiada de Sumy foi o primeiro aberto desde a invasão pela Rússia. Apesar do acordo de cessar-fogo, em Mariupol houve relatos de que soldados russos violaram a pausa e tentaram invadir a cidade, cercada há dias, enquanto os civis tentavam escapar.

De acordo com relatório do escritório de Direitos Humanos da ONU, a guerra Rússia-Ucrânia já deixou ao menos 474 civis mortos, dos quais 29 eram crianças. Outros 861 cidadãos ficaram feridos, desde o início do conflito, em 24 de fevereiro.

Foto: divulgação