FEIRA DE SANTANA: CÂMARA DEBATE MUDANÇA DE LOCAL DA CEASA

FEIRA DE SANTANA: CÂMARA DEBATE MUDANÇA DE LOCAL DA CEASA

Revitalização do espaço e outros debates como investimentos estruturais e na segurança, são as principais ações que devem ser tomadas, neste momento, a respeito da Ceasa (conhecido como Centro de Abastecimento de Feira de Santana). A discussão foi durante audiência pública, nesta terça-feira, 22, na Câmara Municipal.

Apesar da ausência de representantes do governo municipal, houve um debate no encontro a respeito da atual situação dos trabalhadores do entreposto comercial.

Autor do requerimento que propôs a audiência pública, o vereador Edvaldo Lima (MDB) frisou que todos os representantes do governo e das secretarias vinculadas ao assunto, inclusive o prefeito, foram convidados para debater o tema.

“Infelizmente, eles não compareceram. Mas esse assunto precisa ser debatido com ou sem a presença da administração municipal. Se os senhores comerciantes não tomarem uma providência agora, pode acontecer com vocês a mesma coisa que está acontecendo com os camelôs do Shopping Popular”, salientou.

E continuou: “O governo já disse, inclusive, que firmou um contrato com uma empresa particular que vai construir um entreposto comercial lá no distrito de Humildes e, depois do espaço construído, o governo vai levar os comerciantes ‘a força’”. O governo municipal não pode fugir do debate com os trabalhadores daquele local sobre essa possível mudança”.

O vereador José Carneiro (MDB), integrante da base do governo, frisou que não restam dúvidas que essa questão precisa ser debatida, pois toda mudança gera impacto. “O Centro de Abastecimento foi criado em 1976, portanto, a 45 anos atrás, numa cidade que, na época, não tinha 200 mil habitantes. Hoje Feira tem mais de 600 mil habitantes e eu questiono: o centro tem estrutura suficiente para atender a população atual?”, indagou.

Participaram da audiência pública, além da presidente da associação dos comerciantes do Centro de Abastecimento, Edimária Lima Medeiros, e do vice-presidente Ivanelson da Costa Silva, vários comerciantes do local, dentre eles Remivaldo dos Santos Bandeira, Mizael Marques do Nascimento, Ismael Lima, Everton Jesus Santos e Joãozito Borges, atacadista e ex-vereador da Casa Legislativa. Também estiveram presentes, na oportunidade, os vereadores José Carneiro (MDB), Ron do Povo (MDB), Fernando Torres (PSD), Luiz da Feira (PROS), Silvio Dias (PT) e Lu de Ronny (MDB). Celso Lima representou o deputado estadual José de Arimatéria (Republicanos).