sexta, 19 de julho de 2024
Euro 6.0895 Dólar 5.5686

EX-MINISTRO DA DEFESA DESISTE DE CARGO NO TSE

Redação - 17/02/2022 08:00 - Atualizado 17/02/2022

O general da reserva do Exército, Fernando Azevedo, desistiu de assumir um cargo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A informação foi divulgada pela revista “Veja” e confirmada pela CNN. Azevedo, que foi ministro da Defesa de Jair Bolsonaro, alegou questões de saúde para recusar o convite feito pelo ministro Alexandre de Moraes, que assume, junto com o ministro Edson Fachin, a Corte eleitoral em agosto. A posse estava prevista para o dia 22 de fevereiro.

O general havia sido escolhido em dezembro de 2021 para o cargo de diretor-geral do TSE. Ele seria responsável pelo funcionamento administrativo do tribunal, além da secretaria tecnológica do órgão. A intenção era estabelecer uma ponte com as Forças Armadas e, assim, garantir estabilidade ao processo eleitoral.

A CNN apurou que o ex-ministro da Defesa deve ser submetido a procedimentos cardiológicos e, por isso, decidiu não assumir o posto considerado chave na estrutura do TSE. A tendência, agora, é de que o ministro Edson Fachin, que toma posse na presidência do tribunal no próximo dia 22, mantenha no cargo o atual diretor-geral, Rui Moreira. Outro nome cotado é o do ministro da Defesa, o general da reserva Walter Braga Netto.

 

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.