PREFEITURA ABRE MAIS 30 LEITOS PEDIÁTRICOS PARA COVID-19 NO MARTAGÃO GESTEIRA

PREFEITURA ABRE MAIS 30 LEITOS PEDIÁTRICOS PARA COVID-19 NO MARTAGÃO GESTEIRA

Salvador passa a contar com mais 30 leitos pediátricos, abertos pela Prefeitura no Hospital Martagão Gesteira, exclusivos para o atendimento de crianças com a Covid-19. Do total,são dez leitos de UTI – que amplia em 50% a oferta para o público infantil na capital – e 20 de enfermaria. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (4), na sede da instituição filantrópica, no bairro do Tororó, ao lado do subsecretário de Saúde (SMS), Décio Martins e de Emanuel Melo, presidente da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, entidade mantenedora do hospital.

O prefeito ressaltou a parceria com o Martagão nas ações de combate à pandemia. “Desde que percebemos o aumento dos números de casos com crianças, procuramos aumentar a oferta de leitos pediátricos. Até que chegamos ao Martagão, que é parceiro antigo da Prefeitura”, pontuou Bruno Reis. Para Emanuel Melo, a parceria só reforça o compromisso mútuo neste momento delicado. “É também uma responsabilidade do Martagão Gesteira responder em momentos de crise e dificuldade na atenção à saúde de qualquer criança. Por isso, ao sermos procurados, já estávamos preparados. Temos ainda, graças aos baianos, uma reserva técnica de equipamentos, recursos humanos e experiência, além de formarmos mão de obra para atuar nestes casos. Isso porque o Martagão não anda sozinho, conta com diversos colaboradores para atender a necessidades como estas”.

Esforço – O chefe do Executivo municipal também lembrou que, nos últimos 45 dias, o Município reabriu quatro gripários, com 53 novos leitos; quatro unidades de saúde foram transformadas em mini UPAs, com dez leitos de observação e dois de estabilização cada; além de 28 leitos no Santa Izabel e ampliação do Hospital de Campanha Sagrada Família, com 61 leitos. “Neste sábado abriremos, nos Barris, mais uma tenda da Unidade de Suporte Respiratório, com mais dez leitos de semi UTI, somando 230 leitos neste período. Com essas novas vagas, vai diminuir bastante a pressão sobre o sistema de saúde e dar maior tranquilidade para outras atividades, a exemplo do retorno à sala de aula”, concluiu o chefe do Executivo Municipal.

A iniciativa integra as ações da Prefeitura no combate à pandemia, no momento em que em todo o planeta voltou a registrar aumento de casos da Covid-19, após a circulação da variante Ômicron. Além disso, a gestão reforçou a rede de urgência e emergência para o atendimento a pacientes com síndromes gripais, reativando quatro gripários (Vale dos Barris, Pau Miúdo, Pirajá/Jardim Santo Inácio e ilha de Bom Jesus dos Passos) e remodelando quatro unidades básicas em mini UPAs – estas unidades estão em pleno funcionamento nas localidades do IAPI, Itapuã, Pirajá e Imbuí.

Também foi montada uma estrutura no formato de tenda equipada com leitos semi-intensivos com suporte respiratório no bairro dos Barris. Quando somada apenas a quantidade de leitos contratados junto aos hospitais Sagrada Família, Santa Izabel e Martagão, o município passou a ter suporte de 115 leitos de enfermaria e 74 de UTI.

Vacinação – Durante a cerimônia, o prefeito voltou a pedir à população que complete o quadro vacinal, para que possam retornar ao trabalho e retomar a rotina convencional. Atualmente, em Salvador, 531 mil pessoas com 18 anos ou mais ainda não tomaram a de reforço (3ª dose) – hoje, inclusive, acontece o Mutirão da 3ª Dose, aberto também para cidadãos de outros municípios da Bahia.

 

Fotos: Betto Jr./Secom