DÓRIA MANTÉM FERIADOS DE CARNAVAL, ENQUANTO RUI COSTA SUSPENDE TUDO; TRADE TURÍSTICO CRITICA

DÓRIA MANTÉM  FERIADOS DE CARNAVAL, ENQUANTO RUI COSTA SUSPENDE TUDO; TRADE TURÍSTICO CRITICA

Enquanto o governador Rui Costa decidiu que não haverá feriado prolongado no período do Carnaval, nem ponto facultativo no serviço público, o  governador de São Paulo, João Doria, foi em direção contrária e decretou ponto facultativo nas repartições públicas do Estado de São Paulo entre os dias 28 de fevereiro e 2 de março por conta do Carnaval. O decreto passa a valer na segunda, dia 28, e se estende até as 12h da Quarta-Feira de Cinzas, dia 2 de março.

O governador da Bahia determinou também  que as aulas da rede estadual ocorrerão normalmente, com exceção da terça-feira de Carnaval (1º de março), dia do feriado. Em São Paulo não haverá aulas na rede estadual.

A decisão de Dória, foi porque, apesar do avanço da Ômicron este ano, a situação em São Paulo e no restante do Brasil é considerada mais branda do que no mesmo período do ano passado e especialistas atribuem isso à vacinação em massa e às próprias características da variante Ômicron, que causa um quadro clínico menos grave.

No dia 7 de janeiro, Dória afirmou que a decisão sobre a realização do carnaval de rua era de autonomia das prefeituras, mas grande parte já anunciou que não vai realizar festas públicas. “Com relação a aglomerações em locais fechados para o carnaval o governo do estado de São Paulo não autorizará, em nenhum município poderemos ter festas de salão, ou em áreas fechadas e nem manifestações de rua, carnaval de rua”, disse o governador.

Fontes do trade turístico, criticaram o fato da Bahia, um estado turístico, tem sido mais rigído na questão que São Paulo, a locomotiva do Brasil.