BRUNO REIS NEGA TROCA DE SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

BRUNO REIS NEGA TROCA DE SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, negou nesta quarta-feira (2) a troca do secretário de Educação do município, Marcelo Oliveira, pressionado pelo sindicato da APLB, em meio à tensão sobre retorno das aulas e discussão sobre a manobra para que pedagogos deem aulas de artes e educação física. “De jeito algum. As medidas que o secretário está adotando, ele conversou comigo e tenho consciência de ser a melhor para a cidade. Ninguém está sendo demitido, estamos precisando de professores e, por ser ano de eleição, não podemos politizar”, disse o gestor. Segundo Bruno Reis, não existe nenhuma alteração na grade curricular, mas sim uma necessidade de readequação diante do aumento de alunos matriculados na rede municipal, que deve passar este ano de 20 mil crianças matriculadas.

Além de ser melhor para estreitar laços entre alunos e professores, diz o prefeito, vai ajudar o município a economizar em um cenário de crise. “Estamos precisando tomar medidas administrativas para atender essa demanda. E uma das medidas que os professores de pedagogia aceitaram, que a lei permite, são eles lecionarem também artes e educação física. Eles querem, é melhor para eles, ao invés de quatro turmas estarem em duas, melhor para as crianças que convivem mais com o professor, é melhor para a educação que ganha qualidade, e melhor para a Prefeitura, que em um momento de crise econômica faz uma economia importante”, salienta.

Foto: divulgação