SALVADOR REGISTRA GANHOS REAIS DOS PREÇOS DOS IMÓVEIS

SALVADOR REGISTRA GANHOS REAIS DOS PREÇOS DOS IMÓVEIS

Em Salvador, o Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R) cresceu 0,56% em dezembro, acumulando ao longo de 2021 uma elevação de 11,26%. Os dados são da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (ABECIP), divulgados nesta segunda-feira, 24.

Desde o início da série histórica do indicador, essa é a primeira sequência de dois anos consecutivos de ganhos reais dos preços dos imóveis residenciais na capital, tomando por base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE.

De acordo com análise conjuntural da ABECIP, o início da série é marcado pelo ajuste de preços dos imóveis residenciais abaixo das variações do IPCA, na esteira da recessão iniciada em 2014. A recuperação gradual dos valores nominais iniciada em 2018 termina com perdas reais praticamente nulas ao final de 2019.

Os ganhos reais a partir de 2020 diminuem de ritmo com a recessão causada pela pandemia e a elevação do IPCA, mas são retomados ao longo de 2021. O desempenho do IGMI-R/ABECIP em Salvador é marcado por uma considerável heterogeneidade entre as 10 capitais analisadas pelo indicador, aponta a ABECIP.

“Apesar da nova onda da pandemia, a atividade econômica tem mostrado capacidade de adaptação, ao contrário do contexto da onda anterior, antes do início do processo de imunização. Em contrapartida, a lenta recuperação da massa salarial real e o encarecimento do crédito decorrente da dinâmica da política monetária continuam impondo desafios ao ambiente dos investimentos em geral e à evolução dos preços das edificações residenciais nos próximos meses”, acrescenta o relatório da entidade.

 

 

Foto: Reprodução