DEFESA PEDE QUE JEFFERSON VÁ PARA PRISÃO DOMICILIAR

DEFESA PEDE QUE JEFFERSON VÁ PARA PRISÃO DOMICILIAR

A defesa do ex-deputado federal Roberto Jefferson pediu nesta segunda-feira, 24, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que ele seja transferido para a prisão domiciliar. A justificativa estaria relacionada com o fato do presidente de honra do PTB corre risco de morte e está abatido.

No próximo mês, o plenário do Supremo voltará a julgar se liberta Jefferson. Ele foi preso em agosto de 2021 a pedido da Polícia Federal, acusado de integrar uma milícia digital antidemocrática. A informação é da coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles.

Segundo os advogados, que citaram “razões humanitárias”, Jefferson “está sendo exposto a risco de morte, eis que, conforme demonstrado, possui comorbidades gravíssimas, está com Covid-19 e possível tromboembolismo”.

Roberto Jefferson é investigado no inquérito das fake news, conduzido por Alexandre no Supremo Tribunal Federal, que apura a disseminação de notícias falsas, ofensas e ameaças contra autoridades.

 

Foto: