PREFEITO DE SALVADOR NÃO DESCARTA ABRIR MAIS LEITOS COVID E COBRA PROMESSA DO GOVERNO

PREFEITO DE SALVADOR NÃO DESCARTA ABRIR MAIS LEITOS COVID E COBRA PROMESSA DO GOVERNO

Durante a cerimônia de ativação das novas ‘mini-UPA’s’, adaptadas na cidade para tentar desafogar a demanda por atendimento, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), não descartou nesta quinta-feira (20) a abertura de novos leitos de enfermaria na capital. Com novo surto de Covid-19 e da gripe H3N2, em contrapartida ao avanço da vacinação, nesta fase da pandemia as unidades de pronto-atendimento têm sido sobrecarregadas.

Bruno Reis também aproveitou o espaço para cobrar do Governo da Bahia uma suposta promessa de reabertura de leitos do Hospital Espanhol, localizado na Barra, que passou anos fechado e foi reativado no início da pandemia. “Hoje amanheceu com algo em torno de 50 pessoas, somente 4 são para leitos e UTI, então 95% tem sido para leitos de enfermaria. Neste momento, a Prefeitura considera abrir mais leitos de enfermaria e a gente espera que o governo do estado, que anunciou que iria abrir leitos no Espanhol, possa abrir”, lembrou o gestor.

A partir desta quinta-feira (20), a Prefeitura de Salvador passa a contar com mais quatro unidades para a rede de saúde, transformadas em mini-UPAs: nos bairros do Imbuí, Itapuã, IAPI e Pirajá. Nesta sexta-feira (21), será inaugurado ainda um gripário no bairro de Santo Inácio. Cada unidade tem a capacidade de atender até 250 pessoas por dia, totalizando em um acréscimo de 1000 atendimentos diários a mais na capital.

“A Ômicron, diferente das outras variantes da primeira e segunda onda, está deixando claro pelos números que a grande demanda é dos sistemas de emergência e urgência. E, graças a Deus, a vacina está cumprindo o seu papel. Inclusive a demanda de leitos hoje é maior por de enfermaria do que de UTI. A Prefeitura está ampliando a porta de entrada para serviços, temos em funcionamento 10 outras UPAs, 5 PA’s, três gripários. São 18 estruturas só da Prefeitura”, listou.

Foto: divulgação