ECONOMIA SUSPENDE CONCURSO PARA 2.130 VAGAS TEMPORÁRIAS

ECONOMIA SUSPENDE CONCURSO PARA 2.130 VAGAS TEMPORÁRIAS

O Ministério da Economia decidiu suspender o processo seletivo para 300 vagas imediatas e 1.830 para formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior. As vagas são para Brasília. Os salários vão de R$ 1.700 a R$ 6.130.No comunicado no site da organizadora, é informado que o processo seletivo “encontra-se suspenso temporariamente por ordem do Ministério da Economia por motivo de interesse público. Os candidatos devem continuar acompanhando as informações inerentes ao certame através da publicação de Aditivos e/ou Editais por meio do site do IDIB – www.idib.org.br”.

Veja as vagas do concurso:

Analista de Negócios (nível superior em qualquer área acrescido de formação complementar -pós-graduação strictu-sensu ou lato-sensu – nas áreas de Administração Pública, Direito, Ciências Contábeis ou Economia, ou experiência profissional superior a três anos nas atividades a serem desenvolvidas): 40 vagas imediatas e 270 para cadastro; salário de R$ 6.130

Analista técnico de demandas previdenciárias, judiciais e de controle (nível superior em qualquer área): 145 vagas imediatas e 870 para cadastro; salário de R$ 3.800

Técnico em atividades previdenciárias e de apoio (nível médio): 115 vagas imediatas e 690 para cadastro; salário de R$ 1.700

O prazo de duração dos contratos será de até 1 ano, podendo ser prorrogado até o limite máximo de 5 anos.

As inscrições estavam previstas para terminar em 14 de fevereiro pelo site https://www.idib.org.br/. A taxa era de R$ 54 para nível médio e de R$ 64 para nível superior.

As provas objetivas estavam previstas para 3 de abril, na cidade de Brasília.

Foto: divulgação