ANA NERY REALIZA PRIMEIRO TRANSPLANTE DE CORAÇÃO DO ANO

ANA NERY REALIZA PRIMEIRO TRANSPLANTE DE CORAÇÃO DO ANO

O Hospital Ana Nery (HAN), referência no tratamento a cardiopatias e nefropatias,  realizou com sucesso, na última terça-feira, 18, o primeiro transplante de coração do ano. A paciente contemplada estava há duas semanas sobrevivendo graças a máquinas que faziam o trabalho de bombeamento do sangue, em substituição ao coração.

De acordo com o cirurgião responsável pelo procedimento, Jackson Brandão Lopes, o transplante era a única solução para o paciente. “O coração do paciente, praticamente durante duas semanas, não funcionava. Ficou mantido por essas máquinas sofisticadas: uma fazia o papel do lado direito do coração, que envia o sangue para os pulmões, e outro do lado esquerdo, que envia o sangue para as outras partes do corpo”, explicou.

O órgão chegou por volta das 15h20 e foi imediatamente levado para o centro cirúrgico, onde o transplante foi realizado. “A cirurgia foi um sucesso. A paciente saiu da sala por volta das 21h e, por volta de 1h15 da manhã, já estava acordada, com o coração novo, conversando”, contou.

Segundo Osvaldemar Regis, coordenador da UTI do Ana Nery, o paciente agora passará pelo menos uma semana na UTI, onde receberá assistência contra rejeição do órgão, além de prevenção contra infecções. “O paciente será imunossupresso, para não haver rejeição. Você tem fases de rejeição. Neste momento, seria a fase de rejeição aguda, que é o momento mais crítico. Então, o cuidado agora é tratamento de infeções, prevenção de novas infeções e imunossupressão. Vão ser usados vários esquemas de drogas, para fazer com que o órgão não seja rejeitado”, explica. Nesse momento, o paciente está extubado, está conversando. O coração está batendo bem”, acrescenta.

 

Foto: Divulgação