XP COMPRA MODAL POR R$ 3 BILHÕES COM TROCA DE AÇÕES

XP COMPRA MODAL POR R$ 3 BILHÕES COM TROCA DE AÇÕES

A XP anunciou há pouco a compra de 100% do Banco Modal numa transação que se dará por meio de troca de ações. Ou seja, os acionistas do Modal receberão ações ou BDRs da XP como forma de pagamento. No total, os acionistas do Modal receberão 19,5 milhões novas ações Classe A ou BDRs da XP Inc., o que, segundo o comunicado, representa um prêmio de 35% sobre o preço médio dos últimos trinta dias do Banco Modal em bolsa. Em relação ao preço de fechamento do Modal ontem, o prêmio é ainda maior.

Considerando o valor de fechamento do BDR da XPBR31, que foi de R$ 153,98 ontem, a transação avalia o Banco Modal em R$ 3 bilhões, valor 50% acima dos R$ 2 bilhões que a totalidade das ações do banco valia ontem na B3. Caso a transação seja concluída como previsto, os acionistas do Modal passarão a deter, em conjunto, o equivalente a 3,37% do capital social da XP Inc (já considerando as novas ações emitidas).

No comunicado em que anuncia a transação, a XP, que já é dona das marcas XP, Clear e Rico, aparentemente tenta minimizar críticas de que haveria concentração de mercado com a nova aquisição. “Como referência, em setembro de 2021, a XP e o Banco Modal tinham juntos 3,8 milhões de clientes ativos, enquanto os cinco maiores bancos brasileiros somavam 457 milhões clientes totais com relações bancárias e 175 milhões de clientes com operações de crédito, sem excluir duplas contagens². Em termos de Receita Líquida, nos últimos doze meses até setembro, a XP e o Banco Modal totalizaram R$11,8 bilhões versus R$ 427 bilhões gerados pelos cinco bancos”, diz o texto.

Segundo o fato relevante que trata do negócio, a operação do Modal seguirá segregada para o cliente final, embora esteja previsto que o banco acesse a infraestrutura e outros recursos de tecnologia e know-how da XP. A transação está sujeita à aprovação do Banco Central e do Cade, além da maioria dos acionistas preferencialistas do Modal em assembleia. Se não houver a aprovação da incorporação de 100% das ações do banco, a XP vai incorporar uma fatia equivalente a 55,7% do capital social do Modal detido pelos seus acionistas controladores, que já aceitaram os termos, e garantirá aos acionistas minoritários do Banco Modal o direito de vender sua participação nas mesmas condições.

Foto: divulgação