CONTAS DE LUZ CONTINUARÃO CARAS EM 2022

CONTAS DE LUZ CONTINUARÃO CARAS EM 2022

A alta inflação que resulta na alta dos preços nos últimos anos seguirá impactando o bolso dos brasileiros. Um dos grandes problemas de 2021, os seguidos aumentos na conta de luz deverá ser mantido para o próximo ano, mesmo com o fim da seca que atrapalhou a geração de energia elétrica. Segundos especialistas, o reflexo da crise deverá continuar para os próximos anos. As informações são do UOL.

Em 2021, o Brasil passou pela maior seca em 90 anos o que tem prejudicado a geração de energia por usinas hidrelétricas, responsáveis por 63,2% da capacidade instalada do Sistema Interligado Nacional, que atende a maior parte do país.

Para suprir o prejuízo, a conta paga pelos consumidores aumenta, mas ainda estão longe de suprir os custos altos e impedir um déficit. Cálculos mais recentes da TR Soluções apontam que conta das bandeiras tarifárias fechará o ano com saldo negativo de R$ 13,89 bilhões. Atualmente, o consumidor paga um extra de R$ 14,20 por 100 kWh consumidos.

Com tudo isso, a tendência, segundo estimativas da TR Soluções, a conta em 2022 deve subir em média mais 13%. Se 2022 for um ano de poucas chuvas, o cenário pode piorar ainda mais.