PREFEITURA AUTORIZA RECONSTRUÇÃO DE NOVE ESCOLAS MUNICIPAIS

PREFEITURA AUTORIZA RECONSTRUÇÃO DE NOVE ESCOLAS MUNICIPAIS

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Educação (Smed), dá início nesta quarta-feira (15) às obras de nove unidades escolares, que serão demolidas e reconstruídas, além da construção da Escola Municipal Sol Nascente (Ceasa). As intervenções somam investimentos de aproximadamente R$76,5 milhões e promovem a ampliação da rede em cerca de 2 mil novas vagas. A ordem de serviço para início das intervenções foi assinada pelo prefeito Bruno Reis, em cerimônia realizada em uma das unidades a serem reconstruídas: a Escola Municipal Elysio Athayde, em Cajazeiras V.

Durante o evento, o prefeito lembrou que a administração municipal segue com os investimentos na Educação. Somente em 2021, já foram entregues 11 escolas e há cinco em construção, com entrega prevista para o início de 2022 e investimento acima de R$80 milhões. “Além disso, vamos reformar e ampliar mais 128 novas unidades, ao custo de R$110 milhões. Ainda nesta semana iniciaremos a construção de uma escola municipal, em parceria com a Associação dos Amigos dos Autistas (AMA-BA), no Curralinho, no valor de R$13 milhões, com recursos federais”, elencou Bruno Reis.

Com investimento de R$11 milhões, o novo prédio da Escola Municipal Elysio Athayde terá cerca de 3,2 mil m² e passará de oito para 24 salas, ampliando a capacidade de 680 para cerca de 1,6 mil alunos. A unidade terá acolhimento, diretoria, secretaria, coordenação, sala de professores, copa, depósito de material didático, cozinha, triagem, depósito de merenda, área de serviço, refeitório, áreas de recreio coberto e descoberto, parque infantil, quadra poliesportiva coberta, sala multiuso/auditório, sala de leitura, sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), vestiários, elevador, estacionamento, casa de gás, casa de lixo, área técnica, sanitários, entre outros ambientes.

Outras unidades – Além dessa obra, serão completamente reconstruídas as escolas municipais Professor Milton Santos (Valéria), Anfilófio de Carvalho (Periperi), Alfredo Amorim (Ribeira), Visconde de Cairu (Paripe) e Nossa Senhora dos Anjos (Brotas) e os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) Baronesa de Sauípe (Ribeira), CSU Major Cosme de Farias (Luís Anselmo) e Eliezer Audíface (Luís Anselmo). Essas unidades apresentam problemas estruturais, de instalações elétricas e hidráulicas, excesso de calor, infiltrações e falta de acessibilidade, entre outros.

Também será erguida uma nova escola no bairro Ceasa. Com 1,8 mil m² de área construída, a Escola Sol Nascente receberá investimentos da ordem de R$7 milhões. Serão 16 salas climatizadas, espaço de acolhimento, secretaria, sala dos professores, direção, coordenação, vestiários, sanitários, sanitários PCD, sala de leitura, cozinha, depósitos, refeitório, espaços de recreação, parque infantil, quadra coberta, sala AEE, entre outros espaços.

“Com essas obras, os alunos vão estudar em escolas novinhas, com espaços mais amplos, acessibilidade, salas de atendimento especial, áreas de lazer e mais conforto. Todas as salas de aula terão ar condicionado com renovação de ar. A preservação ambiental também está sendo observada com a implantação de sistemas de captação de energia solar e de reutilização de água pluvial”, disse o secretário municipal da Educação, Marcelo Oliveira. “São melhorias que beneficiam nossos alunos, professores, equipes gestoras, enfim, toda comunidade escolar”.

Reconstruções – A nova Escola Municipal Anfilófio Carvalho terá 2 mil m² de área construída e passará de cinco para 12 salas, com receberá investimento de R$6,8 milhões. Na demolição e reconstrução da Escola Municipal Visconde de Cairu serão investidos R$7,9 milhões. O prédio terá 2,4 mil m² de área construída e terá 12 salas – três a mais que as nove atuais.

O valor investido na reconstrução da Escola Municipal Nossa Senhora Dos Anjos é de R$9,1 milhões. A área construída é de cerca de 2,5 mil m² e o número de salas passará de 14 para 22. O Cmei Baronesa de Sauípe terá 1,6 mil m² de área construída e a Escola Municipal Alfredo Amorim, 2,6 mil m² – ambos somam investimentos de R$13,5 milhões. Os Cmeis CSU Major Cosme de Farias e Eliezer Audíface receberão, juntos, R$12,3 milhões de investimento e as áreas construídas são de 1,9 mil m² e 1,8 mil m², respectivamente. A Escola Municipal Professor Milton Santos terá investimento de R$8,5 milhões e 2,6 mil m² de área construída.

Foto: divulgação