BRUNO DIZ QUE PREFEITOS BAIANOS TEM DE SE PREOCUPAR COM AS QUESTÕES CLIMÁTICAS

BRUNO DIZ QUE PREFEITOS BAIANOS TEM DE SE PREOCUPAR COM AS QUESTÕES CLIMÁTICAS

Ao anunciar uma campanha de donativos voltados para os municípios baianos atingidos pelas fortes chuvas, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, fez um alerta sobre as mudanças climáticas que têm provocado desastres naturais em todo o mundo. “A prefeitura vem chamando a atenção há muito tempo, inclusive, esse ano mandei carta para todos os prefeitos pedindo que eles pudessem aderir ao Acordo de Paris, que Salvador foi a primeira cidade na América Latina a se comprometer”, disse o gestor municipal, na manhã desta quarta-feira (15), sobre o acordo climático dirigido a líderes locais e globais, com o objetivo de diminuir a emissão de gases de efeito estufa e, consequentemente, reduzir o aquecimento global.

“Estamos vendo cada vez mais fenômenos da natureza mais graves, isso é um fato. Tá aí o exemplo esse ano que choveu em nossa cidade”, pontuou Bruno, que criticou a falta de investimento em ações preventivas. “Se de um lado os prefeitos não têm a visão de que é melhor respeitar fenômenos naturais, enfrentar e implementar medidas de resiliência para mitigar efeitos das mudanças climáticas, se não investir nisso, vai ter que gastar com a recuperação”, avaliou.

“Isso está ocorrendo em todo mundo. Quanto dinheiro será investido para reconstruir essas cidades? Fui a Glasgow na COP26, infelizmente, Estados Unidos, China e Índia não se comprometeram e eles são responsáveis por mais de 21% dos gases que impactam no efeito estufa. Mas é a realidade, vocês vão ver quando o verão chegar, se não será muito mais intenso”, prevê o prefeito de Salvador, segundo o qual, com o avanço das mudanças climáticas, os gestores têm tido que lidar no dia a dia com problemas que seriam futuros, mas já estão ocorrendo atualmente.

Foto: Prefeitura de Salvador