RUI COSTA DIZ QUE BOLSONARO “NÃO VEIO PRESTAR SOLIDARIEDADE, VEIO FAZER CARREATA”

RUI COSTA DIZ QUE BOLSONARO "NÃO VEIO PRESTAR SOLIDARIEDADE, VEIO FAZER CARREATA"

O governador da Bahia, Rui Costa, relatou nesta segunda-feira (13), em entrevista ao Jornal da Manhã, telejornal da TV Bahia, que o presidente Jair Bolsonaro visitou cidades atingidas pela chuva, mas não procurou o governo do estado.

‘Ele veio à Bahia e não fez nenhum contato com o governo do estado. O único contato que tivemos foi da Marinha do Brasil, o almirante me ligou, colocando dois helicópteros à disposição”, afirmou.

O presidente Jair Bolsonaro esteve na Bahia no domingo (12) e sobrevoou pelas cidades atingidas pelo temporal, no sul do estado. Depois do voo, ele aterrissou em um estádio de futebol, na cidade de Itamaraju e foi recebido por pessoas que se aglomeravam no local – a maioria delas sem máscaras, assim como o presidente. Na Bahia, o uso de máscaras é obrigatório em pelo menos 385 cidades baianas desde abril de 2020.

Ainda durante a entrevista, Rui Costa disse que o presidente “não veio prestar solidariedade” ao baianos, além de citar a agressão sofrida por jornalistas, durante a cobertura da passagem do presidente pelo estado. “Você viu o episódio de ontem [domingo]? Até quero prestar solidariedade aos profissionais que foram agredidos”.

“Ele [Bolsonaro] não veio prestar solidariedade, veio fazer carreata, e mobilizou seus fanáticos para ficarem gritando, fazendo ato político e agredindo repórter”, complementou.

“Infelizmente, não tenho grande expectativas [com o governo federal], mas quero tranquilizar a população que o governo estadual atuará, não só recuperando as estradas, mas ajudando as pessoas em situação de risco. Vamos apoiar as prefeituras para recuperar as cidades”.

“O atual presidente [Jair Bolsonaro], o que ele gosta de fazer é agredir jornalista, fazer carreata e ato político, ao invés de cuidar da população”, finalizou.