MINERAÇÃO INVESTIU R$ 1,4 BI EM PESQUISAS DE ÁREA NA BAHIA

MINERAÇÃO INVESTIU R$ 1,4 BI EM PESQUISAS DE ÁREA NA BAHIA

A Bahia figura como o estado brasileiro que mais investiu em pesquisa mineral entre 2017 e 2020, com a aplicação de R$ 1,4 bilhão na busca por novas áreas com potencial para a mineração O total de R$ 600 milhões foi investido apenas no ano passado. O estado é considerado o minerador do país, atrás apenas de Minas Gerais e do Pará.

Para os próximos anos, o Instituto Brasileiro da Mineração (Ibram) prevê o avanço do setor, que exporta 1,4 milhão de toneladas de minérios por ano. A atividade ainda é responsável por um total de 15 mil postos de trabalho diretos e por pouco mais de 160 mil diretos e indiretos, segundo o Instituto.

“Nós temos na Bahia mais de 40 substâncias minerais sendo produzidas, é um estado de uma diversidade geológica fantástica”, ressaltou o presidente da Ibram, Flávio Penido, em nota institucional.

 

Foto: Divulgação