DECLARAÇÃO DE PAULO GUEDES SOBRE INTERESSE DOS ÁRABES EM COMPRAR CLUBES AGITA TORCEDORES DO BAHIA

DECLARAÇÃO DE PAULO GUEDES SOBRE INTERESSE DOS ÁRABES EM COMPRAR CLUBES AGITA TORCEDORES DO BAHIA

Uma declaração do ministro da economia, Paulo Guedes, agitou torcedores de clubes nas redes sociais, inclusive torcedores do Bahia. É que Guedes disse que, em conversa com investidores árabes, estes teriam manifestado a intenção de “comprar” ou investir em clubes brasileiros. O assunto teria surgido em meio às viagens que a comitiva do governo federal tem feito por países como Emirados Árabes, Bahrein e Qatar.

— Eles anunciaram: “calma, nós vamos comprar dois times; estamos examinando e vamos comprar dois times”. Eles vêm aí com os investimentos. Isso ontem e anteontem na viagem — disse Guedes, durante evento em Brasília, sem dizer quais times serão comprados.

A ideia de investimentos de empresários árabes em clubes brasileiros é antiga e voltou com força após a aquisição do Newcastle, da Inglaterra, por um fundo de investimentos da Arábia Sáudita. E é aí que entra o Esporte Clube Bahia. É que o dono do Manchester City, comprado pelos árabes,  é também gestor do fundo Mubadala que comprou a Refinaria de Mataripe por R$ 1,6 bilhão. Mas daí a tirar qualquer interesse no clube é pura especulação e nada há de concreto.

No Brasil, a compra de clubes ainda é um cenário limitado, dada a natureza da maior parte das principais agremiações do Brasil como associações sem fins lucrativos. Mas mudanças estão a caminho: clubes como Botafogo, Cruzeiro e América-MG já se movimentam após a aprovação da regulamentação do modelo de clube-empresa no futebol do país.