EMPRESAS CRIATIVAS DO BRASIL PROMOVEM INTERCÂMBIO COM A IBERO-AMÉRICA

EMPRESAS CRIATIVAS DO BRASIL PROMOVEM INTERCÂMBIO COM A IBERO-AMÉRICA

Empresas e empreendedores dos setores culturais e criativos do Brasil e de outros países estarão reunidos no megaevento de negócios batizado de Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MICBR), que acontece pela segunda vez no país, mas em formato virtual este ano. A abertura será no próximo dia 17.

O MICBR foi criado a partir de uma iniciativa conjunta da Secretaria Especial da Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo, e da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI). O evento se estenderá até o dia 19 deste mês. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site.

Segundo informou à Agência Brasil o secretário Nacional da Economia Criativa e Diversidade Cultural, Aldo Valentim, o foco do MICBR 2021 é divulgar os empreendedores brasileiros, ou pessoas ligadas à economia criativa e promover o intercâmbio entre o Brasil com os demais países ibero-americanos. Por meio de edital, foram selecionados para participar das rodadas de negócios 115 empreendedores nacionais, que terão contato com programadores, curadores e compradores internacionais. “Essa é a parte do evento focada na internacionalização”, destacou o secretário.

Além disso, o MICBR oferecerá uma série de atividades de formação, como palestras, oficinas, minicursos, destinados ao público em geral e, principalmente, às pessoas ligadas ao setor cultural, com a temática de empreendedorismo, internacionalização, financiamento à cultura, e que contará com a presença de grandes especialistas. São cerca de 30 atividades.

A edição anterior, presencial, ocorreu em 2018, em São Paulo. “Agora, em função da pandemia da covid-19, a gente está fazendo uma edição virtual, em parceria com a OEI, que envolve 22 países da Ibero-América”, disse Valentim. O MICBR 2021 vai reunir também 30 palestrantes e envolver representantes de nove segmentos culturais: audiovisual e animação; design; moda; editorial; jogos eletrônicos; música; museus e patrimônio; artesanato e artes cênicas.