RUI COMENTA MORTES: ‘QUEM ESTÁ FINANCIANDO É O TRÁFICO’

RUI COMENTA MORTES: 'QUEM ESTÁ FINANCIANDO É O TRÁFICO'

O governador Rui Costa comentou hoje (13) a morte de seis pessoas em uma chacina durante uma festa ‘paredão’ no bairro do Uruguai, em Salvador. Outras doze pessoas ficaram feridas. Para o governador, o debate sobre violência deve ser “mais amplo” do que acontece atualmente, criticou medidas do governo Bolsonaro que facilitaram acesso a armamento e disse que quem dá dinheiro ao tráfico de drogas financia o crime.

“Insisto, a gente precisa fazer esse debate nacionalmente sobre o crime organizado, marco legal, tráfico de drogas. Para quem é consumidor, as pessoas se sentem ofendidas… Mas é fato. Quem está financiando a morte desses jovens infelizmente é o fluxo financeiro do comércio das drogas. A gente goste ou não. O debate precisa ser amplo”, afirmou.

Rui disse que o aumento da violência acontece em todo Brasil por conta do aumento da miséria. “Infelizmente o Brasil, se vocês recuperarem minhas entrevistas de 1, 2 anos atrás, vão ver eu dizer que o Brasil ia aumentar a violência. Desemprego disparou. Pobreza, fome… Vi matérias falando que em várias cidades grandes a fome voltou. Isso é um desespero, associado ao tráfico de drogas”, disse o governador.

“Infelizmente não é o que desejamos, mas era o esperado diante do aumento da miséria e desemprego promovido por esse governo (Bolsonaro) desastroso, que vai estar marcado na história do país como o pior”, acrescentou ele, que criticou novamente o governo federal. “Além de ser ruim e incompetente, é um governo que estimula a violência. Estimula inclusive crianças a fazerem sinais com armas. Um presidente que dá aval a que armas cheguem mais facilmente nas mãos de criminosos. Ontem recebi boletim, na operação em Valéria, bandidos foram mortos em confronto com a polícia com armamento pesado, novo”, afirmou Rui.

 

 

Foto: Divulgação