BETHÂNIA É ELEITA IMORTAL NA ACADEMIA DE LETRAS DA BAHIA

BETHÂNIA É ELEITA IMORTAL NA ACADEMIA DE LETRAS DA BAHIA

A cantora Maria Bethânia foi eleita nesta segunda-feira (11) para ocupar a Cadeira 18 da Academia de Letras da Bahia. A nova acadêmica será eternizada como a 5ª titular da cadeira cujo patrono é Zacarias de Góes e Vasconcelos. O último ocupante foi o saudoso historiador, ensaísta e professor Waldir Freitas Oliveira.

Com uma longa e exitosa carreira na música, Maria Bethânia será a oitava mulher em uma das 40 cadeiras da Academia na atual configuração. A artista é reconhecida pelo seu amor pelas letras, recitando em seus espetáculos as obras de nomes como Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Sophia de Mello Breyner Andresen, Guimarães Rosa e outros.

Além disso, também escreveu e divulgou textos de sua própria autoria, tendo pontuais incursões na composição. A cantora recebeu ainda da Universidade Federal da Bahia, o título de Doutora Honoris Causa, por sua contribuição a música brasileira.

Apesar dos textos escritos, a tradição nas academias de letras do mundo é receber não apenas escritores, mas também nomes representativos da cultura.