CRESCIMENTO DE 270% DO TURISMO NÃO REFLETE UMA SUPER ALTA NO SETOR, MAS ANIMA O TRADE, DIZ SALVADOR DESTINATION

CRESCIMENTO DE 270% DO TURISMO NÃO REFLETE UMA SUPER ALTA NO SETOR, MAS ANIMA O TRADE, DIZ SALVADOR DESTINATION

Por: João Paulo Almeida 

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em julho, as atividades de serviços ligadas ao turismo na Bahia seguiram crescendo (6,1%) frente ao mês anterior. Foi a terceira alta consecutiva para o indicador, que registrou a sua melhor marca para um mês de julho na série histórica, iniciada em 2011. No confronto com o mesmo mês do ano anterior, os serviços ligados ao turismo na Bahia bateram novo recorde. Tiveram mais uma vez o maior crescimento da série histórica para o estado, iniciada em 2012, e o melhor resultado do país (271,17%). O forte avanço se deu frente a uma queda de -72,7%, registrada em julho de 2020, frente ao mesmo mês de 2019.

Em contato com o portal Bahia Econômica, o presidente da Salvador Destination Roberto Duran, afirmou que os números do IBGE não refletem um crescimento astronômico no setor , mas indicam uma recuperação boa. Segundo Duran, a comparação feita com o período de pandemia, onde os bares e restaurantes, os hotéis, os estabelecimentos turísticos estavam todos fechados, não reflete uma realidade do setor em números, mas indicam um momento de alta.

“Salvador foi à cidade mais prejudicada pela quarentena no turismo. Eu não tenho duvidas disso. Temos que pensar quando vemos esses números, é que 2020 foi um ano de portas fechadas praticamente no setor. Então se você não tem movimentação e no ano seguinte você abre uma porta, você tem 100% de alta. O momento é bom, mas esses números não refletem uma super alta no setor”, explicou.

Foto: divulgação