“Os eventos irão retomar, não nas condições normais das quais nós estamos acostumados. O setor de eventos é o setor que tem os protocolos mais rígidos, eles vão retomar dentro dos protocolos, seguindo todas as medidas sanitárias. Estamos voltando porque a situação epidemiológica já permite”. Presidente da Associação Baiana das Produtoras de Evento (ABAPE), Moacyr Villas Boas.

Presidente da Associação Baiana das Produtoras de Evento (ABAPE), Moacyr Villas Boas.

Foto: Divulgação