CARLOS BOLSONARO COMPROU APARTAMENTO EM ESPÉCIE COM SALÁRIO DE R$4,5 MIL

CARLOS BOLSONARO COMPROU APARTAMENTO EM ESPÉCIE COM SALÁRIO DE R$4,5 MIL

Investigado pelo Ministério Público do Rio por suposto envolvimento em esquema de “rachadinha”, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) comprou em 2003 um apartamento de R$150 mil com dinheiro em espécie — naquele ano o seu salário era de R$4,5 mil. As informações são do O Globo.

Como foi eleito em 2000, aos 17 anos, para comprar o imóvel à vista, ele teria que poupar durante os dois primeiros anos de mandato todo o valor integral do salário. Ainda assim, a economia seria insuficiente para adquirir o apartamento, já que a soma final resultaria em cerca de R$108 mil.

O salário de um vereador do Rio entre 2001 e janeiro de 2003 girava em torno de R$4,5 mil por mês, sem o acréscimo de benefícios. Ainda de acordo com O Globo, à época o filho 02 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) exercia apenas o cargo de vereador.

A diferença entre os valores recebidos e gastos por Carlos é investigada pelo Ministério Público, que mira inclusive a compra do imóvel, além da entrega de R$ 15,5 mil, também em espécie, para cobrir um prejuízo na bolsa de valores, e a declaração ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que tinha R$ 20 mil guardados em casa.