SUSPEITO DE ASSASSINATO DE ATOR ESTÁ FORAGIDO HÁ 2 ANOS

SUSPEITO DE ASSASSINATO DE ATOR ESTÁ FORAGIDO HÁ 2 ANOS

Incluído na Difusão Vermelha da Interpol e o primeiro nome da lista dos criminosos mais perigosos e procurados de São Paulo, o réu Paulo Cupertino Matias segue foragido após ser acusado de matar o ator Rafael Miguel e a família dele há dois anos, em 9 de junho de 2019.

De acordo com o Ministério Público (MP), o empresário assassinou a família porque não aceitava o namoro de Isabela Tibcherani, a sua filha de 18 anos à época, com o artista. Vídeos gravados por câmeras de segurança mostram o momento em que ele atira 13 vezes em Rafael, que tinha 22 anos, e nos pais do ator: João Alcisio Miguel, de 52, e a mãe Miriam Selma Miguel, 50.

Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. Ele, que atualmente tem 50 anos, nunca constituiu um advogado para defendê-lo. O processo está em segredo de Justiça, mas o G1 apurou que a primeira audiência de instrução do caso foi marcada para o dia 30 de agosto na 1ª Vara do Júri no Fórum da Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo. Além do empresário, dois amigos dele são réus no mesmo caso por terem ajudado o assassino a fugir.

foto: Policia Civil