INDICADORES DE SAÚDE MELHORAM E SALVADOR RETOMA AS ATIVIDADES ECONÔMICAS, NESTA SEGUNDA-FEIRA. VEJA O ESCALONAMENTO.

INDICADORES DE SAÚDE MELHORAM E SALVADOR RETOMA AS ATIVIDADES ECONÔMICAS, NESTA SEGUNDA-FEIRA. VEJA O ESCALONAMENTO.

A retomada das atividades econômicas em Salvador tem início neste 5 de abril. A atual fase, conhecida como fase roxa, na qual nada funciona a não ser atividades essenciais, dará lugar à fase vermelha, que terá abertura escalonada de atividades, e toque de recolher de 20h às 5h até o dia 12 de abril. Isso foi possível porque a média móvel de novos casos de Covid-19 caiu 45%, relação aos 14 dias anteriores. O fator RT está em de 0,69, e houve redução na taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a Covid-19, caindo para 82%.

Nesta segunda-feira já podem funcionar em horários escalonados:  construção civil (7h às 16h), clínicas de estética (7h às 15h), indústria (7h às 15h), funcionalismo público não essencial (9h às 16h), escritórios administrativos, contabilidades, consultoria e similares (10h às 17h), escritórios de advocacia (10h às 17h) e autoescolas (10h às 19h).

A partir de terça-feira, além dos serviços acima poderão funcionar, entre terça e sábado:  Comércio de rua (de 10h às 18h), shoppings centers (de 10h às 18h). Restaurantes e bares só funcionarão de quarta à domingo das 10h às 18h.  permitidos

Funcionam todos os dias, submetidos ao toque de recolher: Serviços de saúde, supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues e conveniências, farmácias e drogarias, agências bancárias, lotéricas, laboratórios de análises clínicas, postos de combustíveis, call centers, oficinas mecânicas e borracharias, cemitérios e serviços funerários, hotéis, pousadas e demais estabelecimentos de alojamento, academias de ginástica e similares, cursos livres, templos religiosos e igrejas.

O funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas fica limitada à ocupação de no máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Funcionamento de Ônibus: das 5h às 20h30, até 12 de abril. Ferry boats  funcionarão das 5h até 20;30  no período de 5 de abril a 9 de abril ficando  proibido o funcionamento nos dias 10 e 11 de abril. A circulação das lanchinhas  será das 5h até 20;30 entre de 5 de abril a 12 de abril, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação no período de 10 e 11 de abril.

A venda de bebidas alcóolicas permanece proibida no final de semana de 9 a 12 de abril. Nos dias de semana,  a compra é permitida.

Continuam fechados:  Centros culturais, museus e galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos, cinemas, teatros, espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura e similares), espaços de eventos infantis, parques de diversão e parques temáticos, campos e quadras públicas, centro e espaços de convenções, praias e parques.

 O decreto da Prefeitura de Salvador  publicado em edição extra do Diário Oficial do Município de quinta-feira não deixa muito claro, no entanto, como funcionará a tolerância de até 5% nas taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 adulto para que ocorra a mudança de fase.  NA segunda-feira tem início a fase vermelha, e a fase amarela será ativada quando a taxa de ocupação de leitos exclusivos de UTI Covid-19 adulto for igual ou menor que 70%, mas, ao que parece, será possível a abertura se a taxa estiver em 73,5%. Mas não fica claro se outros indicadores serão levados em conta, embora o decreto cite: involução de novos casos, casos ativos, óbitos, disponibilidade de leitos clínicos e de UTI, taxa de transmissão e outros critérios de avaliação e monitoramento.