segunda, 15 de julho de 2024
Euro 5.9719 Dólar 5.4766

DEMOCRATA É CONTRA JOÃO ROMA VIRAR MINISTRO DE BOLSONARO

Redação - 10/02/2021 08:38

Tem ganhado força na imprensa nacional o rumor de que o deputado federal João Roma será ministro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo os veículos nacionais, o Republicanos, partido do parlamentar da Bahia, já teria o indicado para o Ministério da Cidadania. Ontem, o presidente nacional do DEM, ACM Neto, fez questão de dizer que era contra a ida do aliado para o Executivo nacional.

Roma foi chefe de gabinete de ACM Neto na prefeitura de Salvador, e deixou o cargo em 2018 para ser candidato à Câmara dos Deputados. Com apoio do democrata soteropolitano, ganhou uma cadeira em Brasília. “Não tenho nenhuma ingerência sobre o Republicanos, mas tenho uma relação política estreita com João Roma. Não sei se ele foi indicado pelo Republicanos e se havia disposição do presidente Jair Bolsonaro em nomeá-lo. Depois que vi especulações na imprensa, fui ao deputado João Roma e ponderei a ele que a minha opinião seria desfavorável a uma ida dele para o governo. Essa posição mostra que não estou negociando nada com o Planalto”, disse ACM Neto, em entrevista ao jornal Valor Econômico.

Ainda de acordo com a publicação, o deputado Márcio Marinho (Republicanos-BA) também aparece como opção para o cargo, mas Roma seria favorito por ter a experiência como gestor. O veto de Neto a Roma ocorre porque o ex-prefeito soteropolitano tem sido acusado por adversários e pelo deputado federal Rodrigo Maia de ter negociado cargos com o governo para o DEM ficar neutro na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. O democrata soteropolitano tem negado. “Não vou indicar um porteiro, um servente para cargo no governo, imagina negociar ministro”, tem dito ACM Neto.

Foto: Divulgação

Copyright © 2023 Bahia Economica - Todos os direitos reservados.